Letters* Just me (Pt. II)

Hiiii everybody! Conforme prometido, aqui está a segunda e última parte do post Just me.
Neste vou explicar onde é que A Bela e a Fera se encaixa em mim!
Quem nunca assistiu o desenho feito pela Disney não teve infância! Rs...
A Bela e a Fera é uma daquelas histórias de que as crianças sempre ouvem falar.
O que me encantou neste conto de fada, é que ele difere dos outros quanto ao fato do príncipe em questão, não ser aquele deus grego, loiro, lindo e de olhos azuis com direito á cavalo branco que todas as meninas sempre adoram..., e sim... é uma fera horrenda, mal humorada e com o coração mais gelado do que focinho de cachorro no inverno (HAHA).
A princesa da história não é filha de reis e rainhas poderosos, indefesa e cheia de não me toques... rs.
Enfim, A Bela e a Fera é diferente como eu \o
Me identifiquei deeeemais com a Bela, desde que ouvi a história pela primeira vez, admirei-a.
Mais tarde, a história começou a fazer mais sentido, porque mais uma vez (assim como O Patinho Feio), esta... parecia que tinha sido feita para mim.
Viciada na série O diário da Princesa (da THEBEST# Meg Cabot), lendo desesperadamente um dos livros, me deparei com a descoberta de que  o conto de fadas preferido da Mia (protagonista) era justamente A Bela e a Fera.
Graças á Deus, tive a oportunidade de ver o filme da Disney!! A Pam me emprestou e lá estava eu, marmanjona assistindo aquela belíssima história novamente.
Foi aí que começou a caír a ficha....
Antes de mais nada, para quem não conhece a história, aí vai um resumo:
"Na França, um príncipe belo porém arrogante morava em seu reluzente castelo cercado por seus fiéis criados. Em uma gélida noite de inverno, uma velha mendiga bateu na porta do príncipe, oferecendo uma singela rosa em troca de abrigo para se proteger da neve e do frio. O príncipe enojado pela aparência da velha recusa a oferta e a manda ir embora. Ela o aconselha a não deixar-se enganar pelas aparências externas, pois nem tudo é o que parece. Quando o príncipe voltou a expulsá-la, ela se transformou em uma bela feiticeira. O príncipe tentou pedir perdão, mais era tarde, ela já havia percebido que não havia amor no coração dele, e para castigá-lo transformou-o em  uma fera horrenda. A feiticeira lançou uma maldição no castelo e em todos os que lá viviam.
Horrorizado por sua monstruosa aparência a Fera se confinou no castelo com um espelho mágico, que era sua única janela para o mundo exterior. A rosa oferecida pela mendiga era encantada e iria florescer até o 21ª aniversário do príncipe. Até lá se ele amasse e fosse correspondido o feitiço se quebraria, senão ele estaria condenado a permanecer Fera para toda a eternidade. Com o passar do tempo ele perdeu as esperanças pois quem seria capaz de amar uma Fera? Dez anos mais tarde uma bondosa jovem chamada Bela mora com seu pai, Maurice, numa aldeia na província.
Bela é uma jovem amante dos livros que sonha com um príncipe disfarçado, duelos de espadas, muitas aventuras e etc... Ela é considerada excêntrica pelos demais moradores da aldeia que acham seu pai um cientista maluco. Gaston é um belo porém arrogante rapaz que deseja ardentemente casar-se com Bela. Mesmo que as Bimbettes e muitas outras jovens suspirarem por Gaston, Bela o acha arrogante, tolo. Uma invenção de Maurice é bem sucedida, e ele parte em viagem à uma feira. Maurice e Philipe, seu cavalo, por infortúnio perdem-se na floresta e são atacados por lobos ferozes e famintos.
 Philipe foge e Maurice entra no castelo da Fera. Os criados do príncipe foram transformados em objetos encantados como Lumiére, o festivo e extrovertido maître do castelo da Fera, apaixonado por Babette, uma camareira transformada em um espanador, Horloge, o severo e pomposo mordomo transformado em relógio de pêndulo, a maternal governanta Madame Samovar e seu Zip, respectivamente um bule e uma xícara de chá.
Quando os objetos (exceto Horloge) tratam Maurice como um convidado, a Fera o torna seu prisioneiro. Philipe corre até Bela, e a leva para o castelo. Lá ela fica no lugar de seu pai como prisioneira da Fera, e os objetos tem esperança que ela aprenda a amar a Fera e que eles voltem a ser humanos outra vez. Mas Gaston fará de tudo para impedir isto.
No final, a Fera aprende a amar, e é correspondida por Bela. Quando isso finalmente acontece, o feitiço é quebrado, revelando belo príncipe e todos os criados, antes objetos."
                                              ~*~
A Bela era como eu: não era como as demais princesas, era independente (não precisava de um príncipe para  viver, nem defendê-la HAAAM ¬¬')rs, era diferente das demais pessoas, fugia dos padrões da Sociedade, tinha PAIXÃO pela leitura, não tinha vergonha de ser como era (por mais que fosse considerada pela vizinhança, uma esquisita completa), tinha um coração gigante, defendia com unhas e dentes o pai, acreditava na beleza interior, tinha certeza de que há bondade (mesmo que seja beeeeeem lá no fundo do fundo, do fundo...) no coração de todos, era teimosa (hehe), e não precisava da ajuda de fada nenhuma, rs!
A história então, é linda *-* !!!!
Bela passa seus dias lendo e sonhando com o seu próprio final feliz, enquanto cuida do pai e da casa onde vive. Não é submissa ao machismo de Gaston, se recusa á casar com ele até o fim! \o
E em um belo dia, toda a sua vida dá um giro de 360º *O*
O destino coloca em seu caminho, o príncipe transformado em Fera... que é outro personagem que me encantou demais, ele é um exemplo de como as pessoas podem se tornar boas, como os sentimentos ruins podem extinguir-se, como todos podem recomeçar.
O coitado estava desiludido, achando que nenhuma mortal em sã consciência amaria de verdade uma fera terrível como ele. Mas... a Bela não era qualquer mortal.... HAHA.
A Fera até então, um bruto completo... vai começando a mudar para conquistar o Amor da garota por quem ele tanto se afeiçoara e assim o faz, dá até uma biblioteca imensa (morrideinvejars#) á ela *-* .
Morri de rir com as tentativas (ás vezes fracassadas) deste, agir como um Lord, rs.
 Bela o ajuda a mudar... na verdade, ela é a mudança dele!
E em momento algum , a moça abandona seus princípios... pensando primeiramente no pai, sempre.
E o final feliz chega! A Fera se regenera, Gaston vai para o saco (kkkkk, brincadeiira gente), e todos livram-se da tal maldição.
Difere por completo, daqueles contos de fadas excessivamente idealizados...
Bela tem cabelos castanhos (aeee \o), o príncipe só se torna bonitão no final, e o Amor deles cresce durante todo o enredo... a partir da convivência, isso sim é que é um amor verdadeiro.... Aquele que modifica o coração das pessoas, não se limita á aparência e suporta todas as dificuldades...! Bela não é admirada pelas pessoas, ela é apenas ela mesma. Este sim é um VERDADEIRO conto de fadas!!!
Nunca entendi aquela coisa... da princesinha indefesa, angelical, rica e mimada ser beijada por um príncipe e de repente se apaixonar (do nada *O*)....! ??? beem fail#
Entretanto, em A Bela e a Fera, podemos ver como é que o Amor aconteceu e percebemos o quão verdadeiro é, só de olhar para a criatura (que era para ser o príncipe, rs).
Como a Pam comentou em sua postagem (AQUI), a Bela tem ideias que vão além das limitações da sociedade de sua época e a história em si, aborda valores incríveis!
Sem sombra de dúvidas, é a MELHOR história de princesa, de TODAS. *-*
Por isso, se encaixa tanto na minha vida...
Também sou uma espécie de Bela, rs.... em relação á sua personalidade! E realmente não acredito em príncipe perfeito de cavalo branco ¬¬'  , rs, acredito que todos tem pontos positivos e negativos e um Amor verdadeiro só pode existir, quando aceitamos a pessoa do jeitiinho que ela é (mesmo sendo uma fera horrorosa, rs).
O filme da Disney, também tem uma trilha sonora MA-RA-VI-LHO-SA! A música: Bela, é a minha preferida!!
Aqui vão alguns trechinhos com os quais me identifiquei:
"Bela: Tudo é igual... Nesta minha aldeia sempre está nesta mesma paz.
Mulher: Temos aqui uma garota estranha... Tão distraída lá vai ela...Não se dá com o pessoal
Pensa que é especial. Chega a ser muito engraçada a nossa Bela!
Bela: Eu quero mais que a vida no interior!
Homem: Esta garota é muito esquisita, o que será que há com ela? Sonhadora criatura, tem mania de leitura...
Mas por trás desta fachada, ela é muito fechada . Ela é metida a inteligente...Não se parece com a gente.
Se há uma moça diferente é Bela!Nós nunca vimos moça tão estranha, é especial esta donzela nem parece que é daqui pois não se adapta muito aqui.."
                                    ~*~  
Depois de algum tempo, tive a excelente notícia de que iria saír um filme remake de A Bela e a Fera, intitulado Beastly (Brutalmente, mas que no Brasil se chamará A Besta). Com Vanessa Hudgens como Bela e Alex Pettyfer (*-*) como A Fera.
Vi o trailer e fiquei louca, tinha que assistiiiiiiiiir!!! E a boa notícia é que logo o mais estreia! Confira a data no meu post (AQUI).
Aí vai a sinopse:
"A história do filme segue Kyle Kingson, um jovem que tem tudo, inteligência, beleza, riqueza e boas oportunidades, mas possui uma personalidade perversa e cruel. Após humilhar uma colega de classe, ele é amaldiçoado por ela para se tornar tudo o que ele despreza. Enfurecido com a sua nova horrível aparência, ele vai atrás da garota e descobre que só terá a sua beleza de volta se fazer com que alguém consiga amá-lo, algo que ele considera impossível. Ao ver o que o filho se tornou, o pai do garoto o manda para o Brooklyn com uma empregada e um professor cego. No local, ele se envolve com um viciado em drogas e sua filha, que o ajudarão a descobrir o verdadeiro amor. "
Beastly photo
A Bela e a Fera em Beastly
*---------* Em um período de crise (sempre tenho, é normal, rs) eu me deparei com o livro no qual o filme se baseou, do autor Alex Flinn, também chamado Beastly.
E acreditam, que eu devorei a obra em um dia???????
AMEI ele inteirinho!!!! *-*  E recomendo! Logo, farei uma resenha decente, rs.
Agora é esperar para ver a Bela moderna! Mas aquela da Disney, será eterna..., pois dentro de mim, sei que existe muuito dela. Agora só falta a fera, rsrsrsrs (Thay olha o Shrek dando sopa aí, rs)!
Me contem, com que personagem vocês se identificam?? *-*

~* LINKS
- + detalhes sobre A Bela e a Fera (AQUI)
- Trilha Sonora A Bela e a Fera (AQUI)
- Sobre o livro e filme Beastly (AQUI)
- Trailer de Beastly  1 (AQUI)
-  Trailer de Beastly 2 (AQUI)


Até o próximo post pessoaaal, acredito que será um World Tour, fiquem atentos!

XoXo, Thay :*

3 comentários:

  1. Muito boa a segunda parte, gostei por demais! Alias, dos contos da Disney não me lembro de nenhum em especifico com o qual me identifique... vou parar pra pensar com calma e te aviso qual é, shaushaushaushausha...

    ResponderExcluir
  2. Até hoje dou risada lembrando do Gaston falando que mulheres não podem ler, pq "logo começam a ter idéias, a pensar..."
    UAHsuAHsuhAUshAUSHA
    O que eu acho bonito é que em momento algum a Bela pediu para a Fera mudar, a Fera decidiu mudar por causa dela. O amor mudou a Fera, e a Fera não mudou por causa do amor.
    (confuso, depois penso num post pra isso x.x uAHSuAHSuAHSuAHU)

    Beeeijoo

    ResponderExcluir
  3. Ahh onii-chan, quando lembrar me fale siim (: Vih, eu também sempre morro de rir com o Gaston... HAHA, coitado, ahh se visse como as coisas atualmente são bem diferentes. O povo daquela época, meio que tinha razão, depois que passamos a ter mais acesso á leitura, começamos a dominar o mundooo!!Rs.

    ResponderExcluir