Feliiz dia DAS GUERREIRAS!! \o

Olha eu aqui de novo, people! Não poderia deixar de escrever um post acerca desta data tão especial! O Dia Internacional das Mulheres (:
Acredito que não deveria existir apenas um dia, afinal TODOS os dias são dia das mulheres (assim como dos homens também, rs, direitos iguais \o)! Mas, curiosa como ou e não contente em apenas aceitar o fato de que 8 de Março é dia internacional das mulheres e ponto final, resolvi pesquisar o porque da existência deste.
Daí então, descobri a origem e o porque desta data! *--*
A maravilhosa ideia da existência de um dia especialmente dedicado ás mulheres, surgiu apenas no século XX (que tardio, não? Oo).
E por quê?
Bom, lá na época da Primeira Guerra Mundial, acontecia também a Segunda Revolução Industrial e consequentemente, acontecia também a incorporação em massa de demasiada mão de obra feminina nas indústrias.
O grande problema, era que as condições de trabalho eram completamente insalubres, perigosas,  precárias e decadentes (até mesmo com os homens, isto acontecia).
Portanto, as mulheres resolveram se unir e promover greves para reivindicar melhores condições e direito á voto.
Essas manifestações e lutas, começaram nos EUA e na Europa. O dia 8 de Março, foi caracterizado em vários momentos históricos e em diversas localidades por vários acontecimentos marcantes.
Por exemplo, no Dia 8 de março de 1857, em New York, operárias de uma fábrica de tecidos, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhorias como: redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas diárias), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de serviço) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada (Filhos da mãe, $#%$#$$%@). Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
Devido á este acontecimento (em memória as manifestantes), foi comemorado o Primeiro dia da Mulher, em 28 de fevereiro de 1909 (muito tarde também, rs).
Outros, exemplos:
Vocês sabiam que na Rússia, as comemorações do Dia Internacional da Mulher foram o estopim da Revolução russa de 1917??? (Choqueei *O*). Em 8 de março de 1917 , a greve das operárias da indústria têxtil contra a fome, contra o czar Nicolau II e contra a participação do país na Primeira Guerra Mundial precipitou os acontecimentos que resultaram na Revolução de Fevereiro. Leon Trótsky (graande revolucionário socialista) assim registrou o evento: “Em 23 de fevereiro (8 de março no calendário gregoriano) estavam planejadas ações revolucionárias. Pela manhã então , as operárias têxteis deixaram o trabalho de várias fábricas e enviaram delegadas para solicitarem sustentação da greve. Todas saíram às ruas e a greve foi de massas. Mas ninguém imaginava que este ‘dia das mulheres’ viria a inaugurar a revolução”!!!
Após a Revolução de Outubro, a feminista bolchevique Alexandra Kollontai persuadiu Lênin (poderosíssimo socialista \o) para torná-lo um dia oficial que, durante o período soviético, permaneceu como celebração da "heróica mulher trabalhadora". No entanto, o feriado rapidamente perderia a vertente política e tornar-se-ia uma ocasião em que os homens manifestavam simpatia ou amor pelas mulheres - uma mistura das festas ocidentais do Dia das Mães e do Dia dos Namorados, com ofertas de prendas e flores, pelos homens às mulheres. O dia permanece como feriado oficial na Rússia, bem como na Bielorrússia, Macedónia, Moldávia e Ucrânia.
Já na Tchecoslováquia, quando o país integrava o Bloco Soviético (1948 - 1989), a celebração era apoiada pelo Partido Comunista. O MDŽ (Mezinárodní den žen, "Dia Internacional da Mulher" em checo) era então usado como instrumento de propaganda do partido, visando convencer as mulheres de que considerava as necessidades femininas ao formular políticas sociais. A celebração ritualística do partido no Dia Internacional da Mulher tornou-se estereotipada. A cada dia 8 de março, as mulheres ganhavam uma flor ou um presentinho do chefe. A data foi gradualmente ganhando um caráter de paródia e acabou sendo ridicularizada até mesmo no cinema e na televisão. Assim, o propósito original da celebração perdeu-se completamente. Após o colapso da União Soviética, o MDŽ foi rapidamente abandonado como mais um símbolo do antigo regime. (¬¬')
Apenas no ano de 1911 é que ocorreu a primeira conferência internacional de Mulheres, em Copenhague, dirigida pela Internacional Socialista, quando foi aprovada proposta da socialista alemã Clara Zetkin, da instituição de um dia internacional da Mulher, embora nenhuma data tivesse sido especificada.
E então tal dia, foi celebrado a 19 de Março, por mais de um milhão de pessoas, na Áustria, Dinamarca, Alemanha e Suíça.
Poucos dias depois, em 25 de Março de 1911, um incêndio na fábrica da Triangle Shirtwaist (NY)  matou 146 trabalhadores - a maioria costureiras. O número elevado de mortes foi atribuído às más condições de segurança do edifício (HAHA, beem que as grevistas tentaram avisar!). Este foi considerado como o pior incêndio da história de Nova Iorque, até 11 de setembro de 2001. Este acontecimento, serviu para dar mais força e ênfase na questão do dia da Mulher.
Porém, apenas em 1975 é que foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e, em Dezembro de 1977, o Dia Internacional da Mulher foi adotado pelas Nações Unidas, para lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas das mulheres, mas também a discriminação e a violência a que muitas delas ainda são submetidas em todo o mundo.
Nos países ocidentais, a data foi esquecida por longo tempo e somente recuperada pelo movimento feminista, já na década de 1960. Na atualidade, a celebração do Dia Internacional da Mulher perdeu parcialmente o seu sentido original, adquirindo um caráter festivo e comercial (tudo gira em torno deste tenebroso capitalismo ¬¬'). Nessa data, os empregadores, sem certamente pretender evocar o espírito das operárias grevistas do 8 de março de 1917, costumam distribuir rosas vermelhas ou pequenos mimos entre suas empregadas (kkkkkk, espertinhos, já descobriram a tamanha força das mulheres \o).
Hoje, vendo uma notícia, no Google (veja (AQUI)) sobre as comemorações do Dia Internacional da Mulheres de 2011 (hehe, hoje), encontrei vários dados interessantes:
~* O jornal britânico The Guardian publicou uma lista das 100 mulheres mais inspiradoras do mundo, entre as quais se encontra a presidente brasileira Dilma Rousseff, que figura ao lado de nomes como Margareth Thatcher, Aung San Suu Kyi, Angela Merkel, Hillary Clinton e personalidades pop como Madonna e Lady Gaga.

~* Em Buenos Aires, um protesto diante do Congresso argentino chamou a atenção sobre as mulheres vítimas da violência doméstica. Sob o lema "Ninguém dá atenção a elas", a mobilização fez referência às mulheres que se atrevem a denunciar a violência familiar de que são vítimas, mas que não são ouvidas pelas autoridades policiais.As denúncias contra os crimes do gênero e contra a impunidade foram as constantes das mobilizações em todo o mundo.
~* Em Ancara e Istambul, milhares de mulheres se manifestaram para denunciar os "crimes de honra" e a violência de que as mulheres são vítimas na Turquia, um país muçulmano que quer se unir à União Europeia (UE).
~* Na Grécia, onde o emprego das mulheres sofreu o impacto da recessão - há 17% da mulheres desempregados, contra 11,6% de homens - foi celebrada uma mobilização na praça central de Atenas.
~* Na Itália, uma comissão do Senado deve adotar um projeto de lei que obriga as empresas a nomear mulheres para pelo menos 30% dos postos em seus conselhos de administração.
~* Na Grã-Bretanha, a cantora Annie Lennox participou, com outras atrizes, em uma marcha às margens do Tâmisa, em Londres, por ocasião desta data.
~* E na França, inúmeras associações e federações feministas convocaram debates, exposições e marchas, em torno dos temas da violência conjugal ou discriminações no mercado trabalhista.
~* O dia também recordou o papel decisivo que tiveram as mulheres nas mudanças registradas na Tunísia e no Egito.
"As mulheres tiveram um papel crucial na ativação das atuais mutações na África do Norte. Em um clima de violência, se comprometeram na luta pela mudança", afirmaram a chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, e a vice-presidente da Comissão Europeia, Viviane Reding, por ocasião do Dia Internacional da Mulher.
~* Na Colômbia, onde as principais vítimas do conflito armado são as mulheres - que também são as principais vítimas do deslocamento forçado e da violência sexual -, este dia foi a ocasião para o lançamento do escritório local da ONU Mulheres.
~* No Brasil, a primeira mulher presidenta do país, Dilma Rousseff, divulgou uma mensagem especial pelo Dia Internacional da Mulher, onde ela fala do objetivo de sua política, que é a erradicação da pobreza extrema. Segundo ela, no Brasil a pobreza tem cara e ela "é feminina, está ligada às mulheres".
Enfim, pessoal,  todos estes acontecimentos, só mostram o quanto nós mulheres somos guerreiras!!! JAMAIS seremos inferiores ou superiores aos homens, somos diferentes mas ao mesmo tempo iguais, cada um com seu valor, mas ambos com capacidades equivalentes! Tudo depende da força de vontade individual de cada um , seja homem ou mulher. Não podemos ser classificados apenas pelo nosso sexo, mas sim pela nossa personaliade e essência. O preconceito ridículo existente naquela época (e ainda 
 presente  hoje, muitas empresas mantem ás mulheres salários menores que o de homens, ¬¬'), mostrou-se totalmente incoerente, sem fundamento algum! Nós mulheres , provamos ter coragem e potencial suficientes para arcar com qualquer tipo de ação que homens também façam! E meu Deeeus, como raios pode ainda haver essa ideia machista de mulheres são seres inferiores, se TODOS dependem de uma mulher para nascer!!! Olhe para sua mãe, sua irmã, avó,  prima, amiga, tia... enfim... rs, dê os parabéns á elas! São fortes, determinadas, guerreiras e corajosas!
Pensam que ser mulher é fácil?? Rs.
Graças á Deus e á estas mulheres corajosas da História, hoje o sexo feminino tem direito á voto, e ás mesmas oportunidades que os homens \o/
Yeaaaaaah!!!! Olhando para a Literatura, vemos também a ascensão das mulheres: veja as personagens de José de Alencar, Dorothy de O mágico de Oz, as personagens de Meg Cabot, Mulan, Hermione e de vários livros, filmes, desenhos, música, história, mundo, etc.!!!
Somente heroínas, não mais aquelas princesinhas indefesas que são dependentes de príncipes perfeitos em cavalos brancos.
Hoje em dia, a situação mudou! Somos tão independentes quanto os homens e agora, um ampara o outro, somos complementos, não existe mais a mocinha correndo perigo atrás de um mocinho corajoso que possa protegê-la..., existe uma moça competente, com um futuro brilhante, buscando um mocinho descente, honesto e tão capaz quanto ela, para ambos construírem um castelo.
E nós temos uma presidenTA no comando do nosso país!!!!!!!!! Iupi \o
Vejam como o Mundo dá voltas!!! Rs.
E rapazes, não tenham medo ...., sei que vocês temem que as mulheres dominem o mundo (muahHAhahahaha), mas o que vai acontecer é que enfim seremos vistas como iguais na diferença!!

~* LINKS
- Música dedicada á vocês guerreiras -> Aos Olhos do Pai (AQUI)

P.S: heey GIRLS, PARABÉNS!!!! Só nós sabemos o quão é difícil ser mulher (haha, rs)! Manter o cabelo apresentável, rs,
andar de salto, ter o coração tão cheio de carinho e sentimentos (molengaa, rs) e ainda por cima, manter a classe e a educação seguindo nosso caminho rumo á ascensão!

XoXo, Thay ;*

2 comentários:

  1. GirlPower (y)
    AUshAUShUAHsuAHsuHAsuA

    Vale lembrar também que muitas mulheres escritoras tiveram que escrever com pseudônimos masculinos para poderem ter textos publicados (já que faz letras neah)

    Bom, seguimos a luta, ainda não tá td igual... Mas chegaremos lá ;)

    Beeeijooo

    ResponderExcluir
  2. Veerdade, Vih!! As irmãs Brontë são um belo exemplo disso! *-*
    É como você comentou naquele post sobre a A Bela e a Fera, o que Gaston diz: "Quando as mulheres leem, logo começam a ter idéias, a pensar... " Rs, rs, os machistas daquela época,ficariam pasmados com as GRANDIOSAS escritoras de hoje \o ;*

    ResponderExcluir