World Tour* Japão *-*

Ficheiro:Mountfujijapan.jpgSaluete amici! (Salve amigos! , em Latim, rs)!! Como vocês viram, estou realmente apaixonada pelo Latim *O*
Passei o sábado inteiro, fazendo exercícios! Minha mão está doendo de tanto escrever, rs.
Conforme prometido, posto hoje o World Tour in Japan! *-----------------------*
A postagem demorou, porque este país é muito especial para mim, afinal é minha segunda pátria!
Para quem não sabe...,  sou descendente de japoneses (sansei, avós japoneses), por parte de pai. Já morei no Japão por +/- 6 anos, fui  para lá com meses de idade e voltei aos 6, para iniciar minha vida escolar (que não para até hoje, haha). Lembro de muitas coisas de lá, e amo demais aquele lugar (assim com o Brasil)! Quando fiz dez anos, meu pai viajou para o Japão e desde então, nunca mais voltou ( oito anos *-*).
Mantemos contato por telefone, mas a saudade que tenho dele é imensurável!
Ficheiro:Tokyo15.jpg
Torre de Tokyo
A coisa que mais quero que aconteça é que ele retorne para mim! Imaginem o meu desespero ante à tragédia que aconteceu lá recentemente!!!
Vocês podem conferir meu estado neste post: (AQUI).
E como podem ver, nada de ruim (graças ao meu Pai querido, do céu) aconteceu com meu dad.
Por outro lado, fiquei muito triste por conta das regiões atingidas e por todas as pessoas que sofreram com essa catástrofe.
Por isso, o post de hoje, também é dedicado em memória daqueles que faleceram devido ao tsunami + terremoto do dia 11 de Março.
Vou mostrar aqui, o que o Japão tem de bom! É um dos lugares mais maravilhosos que já conheci e se for possível, um dia visitarei meu pai e assim passarei algum tempo lá.
Primeiramente, vou contar sobre os pontos turísticos do Japão em geral e no fim do post, falo de minha própria experiência de viagem. (:
Ficheiro:Tokyo odaiba.jpg
Rainbow Bridge
O Japão (em japonês: 日本, Nihon ou Nippon; oficialmente 日本国) é um país insular da Ásia Oriental. Localizado no Oceano Pacífico, a leste do Mar do Japão.. Os caracteres que compõem seu nome significam "origem do Sol", razão pela qual o Japão é às vezes identificado como a"Terra do Sol Nascente". *-* .O país  na verdade, é um arquipélago de 6.852 ilhas, e as quatro maiores são Honshu,Hokkaido, Kyushu e Shikoku, e isto tudo dá 97% da área terrestre nacional. A maior parte das ilhas é montanhosa, com muitos vulcões. O sistema de governo do Japão é caracterizado como uma monarquia constitucional unitária com um imperador e um parlamento eleito, a Dieta. O Japão possui um padrão de vida muito alto (11º maior IDH),( eu sei bem disso e posso dizer que é verdade, o salário é alto e o custo de vida também), com a maior expectativa de vida do mundo, isto se deve, na minha opinião por conta da educação, da alimentação (deliciosa) e da ética japonesa.
Tokyo
As maiores atrações do Japão para visitantes estrangeiros residem na enorme multiplicidade de atrativos culturais, na grande variedade de encantos naturais e no povo verdadeiramente hospitaleiro.
Como vocês sabem, esta é uma Nação que avança a passos largos em direção ao futuro com suas indústrias de alta tecnologia, ao mesmo tempo em que preserva uma herança de milhares de anos de uma história que pode ser traçada até as épocas mitológicas, o Japão vive o grande desafio da coexistência do antigo e do moderno.
Você vê de um lado, os japoneses loucos por tecnologia e do outro, fieis e apaixonados por suas tradições bem antigas, acho isso uma coisa realmente difícil de conciliar e eles conseguem realizar tal proeza de maneira incrível!
Ficheiro:TokyoNationalMuseum.jpg
Museu Nacional de Tokyo
O Japão possui um grande número de santuários e templos que têm uma história de 1.000 a 2.000 anos. Para grande surpresa dos que os visitam, a maioria não se encontra em estado de "ruína", mas ainda servem como centro de atividades religiosas e fonte de tradições culturais e de estilos de vida. Os templos do Japão são bem famosos, vemos em novelas e filmes muitas vezes! 
Enquanto estive lá, não visitei nenhum, mas encontrei o nome dos templos que merecem nossa visita!
Vamos começar o tour , pela capital Tokyo!
Existe um intenso fluxo de turistas lá, o que torna Tokyo, a sexta cidade mais visitada do mundo, atrás de Londres, Paris, Nova Iorque, Hong Kong e Singapura.
Tóquio (Tokyo) possui muitos pontos de interesse. Os mais conhecidos são:
Ficheiro:UenoPark Hanami.jpg
Parque Ueno e as Sakuras
* A Torre de Tóquio: Foi erguida em 1958 e tem exatos 333 metros de altura, treze metros a mais que a Torre Eiffel, na qual foi inspirada. A torre é usada para transmitir sinais de rádio e TV.
Mas, a mais alta torre de radiodifusão digital conhecida como Tokyo Sky Tree tem a inauguração prevista para dezembro de 2011.
* O Palácio Imperial do Japão: É a residência oficial do imperador do Japão. Porém, está aberta ao público apenas duas vezes ao ano, todo 2 de janeiro e no dia do aniversário do imperador. Nesses dias, atrai milhares de japoneses.
* Os vários templos budistas de Tóquio atraem milhões de turistas e religiosos todo ano. Os templos mais famosos são o Templo Meiji emYoyogi e o Templo Sensoji em Asakusa.
Ficheiro:Hamamatsu from above.jpg
Hamamatsu, a cidade onde morei *-*
* Os belos jardins e parques de Tóquio atraem muitas pessoas. Um dos parques mais populares de Tóquio é o Parque Ueno, que é rodeado de figuras famosas da ficção japonesa, considerado, um lugar de extrema importância cultural, de lazer e educacional, também famoso pelas suas raras espécies de flores. Dentro do Parque Ueno, há o:
* Museu Nacional de Tóquio: Abriga mais de 110 mil objetos de valor arqueológico e artístico de várias eras da história japonesa e de outros países asiáticos, incluindo 87 pertencentes ao Tesouro Nacional Japonês e 610 classificados como propriedade cultural de importância.
Continuando, com o tour..
Hamanako Garden
* O Museu Metropolitano de Arte, fundado em 1926, é dividido em uma galeria que expõe os trabalhos de artistas nacionais contemporâneos; e uma destinada a trabalhos de artistas estrangeiros.
*No Museu da Espada Japonesa, regido pela Associação para a Conservação de Arte da Espada Japonesa, encontram-se mais de seis mil peças, trinta das quais catalogadas como tesouro nacional. 
Entre os museus de ciência e tecnologia mais destacados há dois na ilha artificial de Odaiba: o Museu de Ciências Marítimas, e o Museu Nacional de Ciência Emergente e Inovação.
Ficheiro:Nagoya Castle(Larger).jpg
Castelo de Nagoya
Saíndo um pouco do centro Tóquio, indo para o município  de Shibuya, pode-se ncontar o famoso bairro Harajuku.
Esta área é conhecida principalmente como ponto de encontro de adolescentes, e é localização da loja de departamentos Laforet, que trabalha com a maioria das marcas famosas de moda jovem.
Harajuku se tornou famosa nos anos 90 devido ao grande número de artistas de rua e jovens com roupas extravagantes que se reuniam lá aos domingos.  Outro centro da moda chamativa de Harajuku são as gothic lolitas (acho muito fofs *-*)  entre as subdivisões do estilo. Mas também se concentram outros como, decoras,Visual kei, e jovens com suas próprias invenções
Ficheiro:Kokkaigijido.jpg
Palácio Imperial do Japão
Perto da estação de trem há o Templo Meiji, que é famoso pelo grande número de pessoas que o visitam todo ano, assim como o Parque Yoyogi. Também localizam-se perto dali a Rua Takeshita, uma rua repleta de butiques de moda e outros produtos voltados principalmente para o público jovem/adolescente, e Omotesando, uma rua longa com cafés e boutiques caras, populares tanto entre moradores quanto turistas. Recentemente, a área conhecida como "Ura-Hara" (travessas de Harajuku) ficou conhecida pelas grifes independentes de moda casual. Os estilos mais arrojados são expostos globalmente em revistas como a FRUiTS. Lugares importantes da região incluem a central da NHK (a mais famosa rede de TV japonesa). As ruas ficam lotadas nos fins-de-semana, quando jovens se reúnem para fazer compras e sair com os amigos.
Harajuku é uma localização icônica bastante popular no mundo do entretenimento, dentro e fora do Japão. Gwen Stefani (diva#) faz referência a Harajuku em algumas de suas músicas e inclui quatro dançarinas vestidas como "Garotas de Harajuku" em segundo plano em suas apresentações. Lá é onde geralmente ficam  os cosplayers.
Gwen e as harajuku's girls 
Como todos sabem, Tóquio é o principal centro político, financeiro, comercial, educacional e cultural do Japão. É  na cidade que se encontra a maior concentração de sedes de empresas comerciais, instituições de ensino superior, teatros e outros estabelecimentos comerciais e culturais do país.
Rumo à Osaka \o
Lá tenho que ir visitar o Castelo de Osaka que  é um dos castelos mais famosos do país, tendo desempenhado um importante papel nas lutas de unificação durante o Período Azuchi-Momoyama, no século XVI.
O castelo encontra-se numa área com cerca de um quilómetro quadrado, no interior do Parque Público do Castelo de Osaka . Foi erguido sobre duas plataformas preenchidas de terra, com muralhas de pedra aparelhada, cercado por um fosso inundado, à semelhança dos castelos europeus.
Japinhas lindas de quimono *-*
O edifício central possui cinco andares na parte exterior e oito no interior (servidos atualmente por um elevador). Foi construído por cima de uma alta fundação de pedra, de forma a proteger os seus ocupantes dos ataques que poderiam vir do exterior
 É um popular ponto de atração durante a estação dos festivais, e especialmente durante a época das cerejeiras em flôr (Sakura), quando os campos do castelo se cobrem com vendedores de comida e percursionistas de taiko (aqueles famosos grandes tambores japoneses).Os jardins também acolhem um museu!
Ficheiro:DSCN0282.JPG
Memorial de Hiroshima
Já, de acordo com a opinião de muitas turistas, guias e de próprios japoneses, Kyoto é a melhor cidade turística japonesa. Pois só esta pode, por exemplo, oferecer a seus visitantes um acervo de mais de 2 mil templos religiosos, budistas e xintoístas. A grande quantidade, aliás, não banaliza a atração, já que em alguns desses templos estão algumas das estruturas arquitetônicas mais belas do Japão, como o Kinkaku-ji - ou Pavilhão Dourado -, com suas paredes externas folheadas a ouro; e o Ryoan-ji, onde o simbolismo de seu Jardim de Pedra convence o mais agitado dos turistas a se acomodar, contemplar e refletir.
Outra marca da cidade são as gueixas, que circulam pelo bairro de Gion, conhecido por abrigar as casas de gueixas mais famosas do país. Com gestos suaves e delicadeza no andar, elas passeiam pelo bairro, para o deleite dos turistas, e geralmente posam para fotos.
Templo em Kyoto
Tudo isso faz de Quioto, a antiga capital imperial do Japão, o destino certeiro de pessoas em busca da cultura japonesa autêntica, anterior ao processo de ocidentalização ocorrido no país após a Segunda Guerra Mundial. E há até uma explicação histórica para isso: a cidade foi um dos poucos lugares poupados dos bombardeios aliados, os quais, aproveitando-se do uso de madeira nas construções japonesas, lançavam bombas incendiárias capazes de queimar uma cidade como Tókio em questão de minutos - e de fato foi o que aconteceu com a metrópole.Em Quioto, e para o bem de todos, as tradições arquitetônicas e, principalmente, as culturais, permaneceram vivas!
Kyoto
** Nagoya (essa eu visitei \o): Entre os pontos turísticos mais procurados da cidade, está o Castelo de Nagoya (fortaleza shogun) e o Santuário xintoísta de Atsu.
O castelo (Nagoya jō) foi construído em 1612. Durante a Segunda Guerra Mundial, foi totalmente destruído, restando somente a sua base de pedra. Em 1959, foi reconstruído segundo os planos originais, e é lindo *-*
Atsuta jingū (santuário xintoísta de Atsu) é considerado o segundo santuário japonês mais venerado. Possui vários tesouros nacionais, dos quais o mais importante é, sem dúvida, uma espada sagrada chamada 'kusanagi no mitsurugi' (草薙神剣 ou “a espada sagrada de Kusanagi) – uma das três insígnias imperiais do Japão. Durante o ano decorrem cerca de 70 festas diferentes, que atraem muitos visitantes ao santuário. Estão aí guardados mais de 4.400 tesouros nacionais, representando dois milénios de história.
***
E é claro, não posso deixar de citar alguns dos Patrimônios Culturais do Japão:
* Castelo de Himeji que, é um complexo palaciano com 82 edifícios de madeira, localizado na cidade de Himeji, Província de Hyogo, no Japão.
Uma das mais antigas estruturas ainda existentes do Período Sengoku, é considerado como um Tesouro Nacional do Japão, tendo sido classificado como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, em Dezembro de 1993. Juntamente com o Matsumoto-jo e com o Kumamoto-jo, é um dos "Três Famosos Castelos" do Japão e o mais visitado do país, apareceu no file O último samurai, estrelado por Tom Cruise, o qual não assisti, rs.
Delícia!
*O Memorial da Paz de Hiroshima, chamado Cúpula Genbaku (原爆ドーム) ou Cúpula da Bomba Atómica pelos japoneses, localiza-se em Hiroshima.
Como vocês sabem, no fim da Segunda Guerra Mundial foi lançada uma bomba atômica em Hiroshima, o hipocentro desta situou-se apenas há 150 metros de distância do edifício, que foi a estrutura mais próxima a resistir ao impacto.
A Cúpula Genbaku deveria ter sido demolida com o restante das ruínas, mas o fato de ter ficado praticamente intacta adiou os planos. Enquanto a cidade era reconstruída em torno do domo, sua permanência tornou-se motivo de controvérsia; alguns moradores queriam sua destruição, enquanto outros preferiam que a estrutura fosse preservada como um memorial do bombardeio.
Ficheiro:Himeji Castle The Keep Towers.jpg
Castelo Himeji
Em 1966, Hiroshima declarou a intenção de preservar a agora chamada "Cúpula da Bomba Atómica" de forma definitiva. Trinta anos depois, em dezembro de 1996, a construção foi registrada como Patrimônio Mundial da UNESCO.
A Cúpula Genbaku fica no Parque Memorial da Paz de Hiroshima que contém diversos outros monumentos erguidos posteriormente:
  • Estátua das Crianças da Bomba Atómica, em memória das crianças que morreram vítimas da bomba
  • Monte Memorial da Bomba Atómica, com as cinzas de 70 mil vítimas não identificadas
  • Cenotáfio das Vítimas Coreanas, em homenagem aos cerca de 20 mil coreanos mortos no bombardeamento
  • Cenotáfio Memorial, com a sua inscrição "Descansai em paz, pois o erro jamais se repetirá"
  • Chama da Paz, que permanecerá acesa até que a ameaça de aniquilação nuclear deixe o planeta Terra           
  • Sino da Paz, que os visitantes podem soar em honra da paz mundial
  • Sala Nacional Memorial da Paz de Hiroshima, que inclui a Sala da Lembrança com uma reconstituição a 360º de Hiroshima após a bomba, formada por 140 mil ladrilhos (o número de vítimas até final de 1945)
  • Museu Memorial da Paz de Hiroshima
  • Portas da Paz, cinco portas de cinco metros de altura com a palavra "paz" escritas em diversas língua.      Quero muito visitar este lugar *-*
Há muitos outros lugares imperdíveis de se conhecer lá no Japão, mas para finalizar o post, tenho é claro que falar do lugar onde eu morei!!

Província de Shizuoka
É lá que se localiza o famoso Monte Fuji (da minha casa dava para vê-lo, é magnífico! *O*), mais alta montanha e símbolo do Japão. Shizuoka é o ponto central para duas das maiores atrações naturais do Japão - os parques nacionais de Fuji-Hakone-Izu e dos Alpes do Sul - que juntos oferecem uma beleza fascinante ao lado do mar e nas montanhas. As oportunidades de lazer ao ar livre e as águas termais são abundantes nessa área. Os atrativos históricos e cheios de vida de Shizuoka refletem os vários episódios intrigantes associados com os xóguns (grandes militares, que governavam o Japão) do início do período Kamakura (séculos 12 e 13); com o Castelo Sumpu onde o primeiro xógum Tokugawa passou os seus últimos anos, depois de se retirar da política; e com a chegada dos Navios Negros do Comodoro Perry, em 1853. Não é exagero dizer que Shizuoka é, na sua totalidade, um espetáculo turístico. Com certeza, vai acrescentar uma página impressionante às suas recordações do Japão.
Cidade de Shizuoka e Arredores
Local do Castelo de Sumpu: construído originalmente em 1585 por Tokugawa Ieyasu, o local foi transformado num parque. Dentro da área encontram-se o Portão de Leste restaurado e a Torrinha Tasumi, que lembram aos visitantes à antiga glória do castelo.
Santuário Kunozan Toshogu: situado na colina de Kunozan, é dedicado ao espírito do primeiro xógun Tokugawa, Ieyasu, que terminou sua vida cheia de peripécias no Castelo de Sumpu. A magnífica construção do santuário principal, erigida em 1617, foi designada como Tesouro Nacional.
Miho-no-Matsubara: este pitoresco trecho de 6 quilômetros de litoral é famoso pelas vistas do Monte Fuji, que se harmonizam com os bosques de pinheiros sempre verdes, um cenário apropriado para a lenda segundo a qual ninfas celestiais desceram à terra para brincar ali.
Lago Hamana: este lago é famoso como uma meca para os entusiastas dos esportes aquáticos, assim como pela abundância de peixes de água doce. Nas cercanias, há vários sítios históricos e templos célebres.
Eu me lembro que visitava com meus pais, várias praias e o Hamanako Garden Park que é maravilhoso, deslumbrante... o mais belo Parque de Flores *-* , tenho fotos aliás, vou tentar escanear para mostrar á vocês! *-* 
O Japão é totalmente o oposto do Brasil, de verdade!
Lá não vemos ruas sujas, é proibido jogar lixo no chão! As pessoas respeitam umas às outras.. o clima é mais ameno.
A comida, vocês sabem, é bem querida por todos.
Amo sushi, tofu, sashimi *O*
A cultura do Japão, é riquíssima ! Temos as cerâmicas, as pinturas, o bonsai, o sumô, os origamis, animes, mangás etc. 
Enfim, o Japão é INCRÍVEL e vale à pena visitar *O* , se forem para lá, mandem lembranças ao meu pai, rs, ele está em Saitama, haha.


~* LINKS:
- + sobre o Japão (AQUI)
- + sobre pontos turísticos (AQUI)


Sayonará, matta ne (Bye ,até logo!)


XoXo, Thay ;* 

5 comentários:

  1. Ahhh, o Japão deve ser lindooo *-*
    Eu gosto de varios pontos da cultura japonesa, como a arquitetura por exemplo. E os Origamis. O Bonzai... Alguns chás tbm...
    Resumindo, a cultura Japonesa traz vários dos meus pontos de paz nessa vida kkkkkkkkk
    E uma prova viva disso, é vc mesma Thay *-*, q tem o dom de me acalmar qndo eu dou chilique kkkkkkkkkkkkkkkk Não é verdade?

    ResponderExcluir
  2. Own *-* Qualquer dia te levo para lá junto comigo!! Rs, aah e a propósito, você tem que me ensinar a fazer origamis (que vergonha, a japa aqui não sabe fazer,rs). ;*

    ResponderExcluir
  3. Não creio? Nao sabe fazer Origami???
    Então tá ai, mais uma coisa para a lista de coisas para te ensinar kkkkkkkkkkkkk só nessa semana já foram 3 kkkkkkkkkkkkkk Acho bom começar as aulas logo kkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  4. kkkkkkkkkk siim, verdade, são tantas coisas!
    A dança de Dirty Dancing, os origamis e andar de salto, haha kkk (eu sou um desastre ¬¬')

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    É nadaaa... Mas, eu posso te ajudar a se aperfeiçoar kkkkkkkkk
    Detalhe: só se for na loucura kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir