Tributo a Harry Potter

Hi my friends! Pois é, faltam apenas 6 dias para o decisivo último filme de Harry Potter :( Relíquias da Morte Pt. II será alegria e tristeza ao mesmo tempo para todos nós fãs, que acompanhamos Harry nestes anos todos de aventura. 
Por isso, como prometi há algum tempo atrás, irei fazer uma série de posts sobre A SAGA QUE EU MAIS AMO ♥ nesta vida. Para começar, irei contar como Harry Potter entrou na minha vida e o quanto isto significou para mim. 
OBS: Leia ouvindo isto: (AQUI)
Joanne Kathleen Rowling, ao começar a escrever a saga do menino estranho e rejeitado pelos tios, que vê uma reviravolta acontecer em sua vida ao descobrir que é um bruxo, escolhido para ser o herói salvador do mundo mágico; jamais imaginou o quão importante isto seria para a vida de milhares de pessoas, espalhadas pelo mundo inteiro. 
1997-  Harry Potter é publicado no Reino Unido, após ter sido rejeitado por várias editoras (que agora devem se morder de raiva, haha, bem feito!), enquanto isso... eu estava no Japão, com 4 anos de idade... aprendendo a ler.
2001- É lançado o filme Harry Potter e a pedra filosofal, a mágica estória ganha vida nas telonas dos cinemas. Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint se conhecem... o trio se forma, mal sabiam eles... que a magia seria tão forte. Eu estava com 8 anos de idade, já no Brasil... nunca tinha ido ao cinema :( Ouvi falar do filme, mas não dei atenção.
2002 - Harry Potter e a câmara secreta finalmente é lançado, o primeiro filme já conseguira encantar muitos fãs. Porém a mágica ainda não tinha me encontrado..., lembro-me que minha prima Giovanna tinha comprado os dvds de HP 1 e 2, mas eu não quis assistir, achei chato (se mata Thaís, rs), por outro lado... adorei o jogo do Playstation de HP e a câmara secreta!!! Eu adorava a Revista da Eliana, rs...e vira uma matéria sobre HP2. Achei a murta-que-geme muito parecida com o Harry (kkk, eu acreditava que ambos fossem interpretados pelo Dan, kk), mas o que realmente despertou minha atenção, fora aquela coruja linda... Edwiges. Dois anos depois, eu iria conhecê-los melhor...
4 de Junho de 2004, chega aos cinemas do Brasil o filme Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. 
Em Sumaré, interior de São Paulo... meu avô ganha misteriosamente, dois ingressos para assistir o filme no cinema. Ele não ía à cinemas e o mais esperado, era que ele jogasse fora os ingressos, mas não... algo impediu-o e de súbito... ele teve uma ideia, daria os ingressos para sua neta Thaís.
Eu recusei os ingressos, não gostava de Harry Potter...
Foi quando meu avô disse que os daria à minha prima (sim, a Giovanna haha)... eu estava com raiva dela e não iria permitir que os ingressos fossem parar em suas mãos (que maldosa que eu era! *O*).
Resolvi ir..., chamei minha vizinha Laís para ir comigo... eu tinha visto um livro desse tal de Harry Potter na casa dela, o filme seria um bom presente para minha amiga.
E lá fomos nós ao cinema... , eu estava relutante em assistir. Foi quando a mágica finalmente me encontrou.
No momento em que comecei a assistir o filme, no momento em que ouvi a canção Edwiges Theme... eu simplesmente... me encantei por Harry Potter. A partir daquele dia minha vida jamais seria a mesma. 
Foi aí que começou minha história com HP.
E se me perguntarem se eu acredito em magia..., sim ... eu acredito! Aquilo que senti ao assistir Harry Potter and the Prisioner of Azkaban, foi puramente mágico! *-* Depois daquilo, eu comecei a buscar mais informações sobre este universo. Me senti como se fosse um tesouro, algo que pertencia a mim de alguma forma (e creio que isto, era um pressentimento do quanto o Harry seria importante para mim no futuro).
Pedi HP1 emprestado para a Laís e ela gentilmente me emprestou (sendo que o livro era muito precioso para ela, haha, obrigada Laís!! *-*). Devorei o livro...., mas li sem pressa, degustei cada uma das palavras de J.K. Rowling com gosto e encanto. Conheci os Dursley, simpatizei com Dédalo Diggle e finalmente conheci o menino que sobreviveu. Entrei na pele do Harry e vivenciei a vida dele... Me espantei ao dar de cara com a jibóia brasileira e J.K. desta forma... conquistou minha admiração de vez! 
Entrei no mundo de HP... e precisava de mais... ao terminar de ler HP1 eu sabia que não tinha terminado... não mesmo! Fui até a biblioteca da cidade, em busca dos demais livros... 
Era bem longe da minha casa, mas fiz o esforço de ir lá alguns dias da semana para ler. 
Nossa... eu simplesmente, tinha virado uma pottermaníaca!!! Fiz minha mãe alugar as fitas VHS (haha, que velha que eu sou) dos filmes que eu não assistira. Uma cena dessa época ficou eternizada na minha mente e recorro à ela várias vezes... quando me entristeço. 
Eram altas horas da madrugada, eu estava sentada na sala assistindo Harry Potter e a Câmara Secreta... morrendo de rir com o Rony, na parte em que ele diz: - Não podia ser 'sigam as borboletas?'! HAHA e na parte em que o Lockhart bate a cabeça e diz: - quem sou eu? você mora aqui?
E a the best, quando o mesmo grita: ISSO ATÉ PARECE MAGIIAAA!
Comecei a acompanhar as notícias sobre o próximo filme: Harry Potter e o Cálice de Fogo, pela internet... quando ía ao curso de informática. 
25 de Novembro de 2005 - Harry Potter 4 é lançado! No dia 26 eu coloco na cabeça que tenho de ir vê-lo!
Nunca tinha ido ao cinema do shopping, minha mãe não tinha paciência de me levar de ônibus.
Mas haha, sou de Touro, e quando enfio algo na cabeça... ninguém tira!
Lá estava eu, naquela fila gigante... recebi a notícia de que teria que entrar na sala de cinema sozinha! Vocês não tem ideia do quanto aquilo era aterrorizante para mim que era sempre grudada na minha mãe, nunca ía sozinha a nenhum lugar. Mas, pasmem-se, eu encarei o meu medo e fui... (nem eu acredito), enfrentei tudo pelo Harry.
E assim foi... com Ordem da Fênix, Enigma do Príncipe... Relíquias da Morte Pt. I (assisti, mesmo sabendo que era um dia antes do vestibular da Unicamp, rs). 
Li todos os livros, umas três ou mais vezes. Graças as meus tios ganhei vários livros, um primo me deu dois livros in english e outro, a coleção inteira em português *--------------------------------------------*
Melhores presentes do mundo!
Chorei junto com as personagens, sorri, ri, enfrentei batalhas, aventuras... Me encantei pelo Dobby, tive vontade de dar uns tapas no Rony quando ele desprezava a Hermione. Aah Hermione...
Ela foi a personagem mais importante para mim... É nela que tenho me inspirado desde a 6ª série, quando resolvi deixar de ser relaxada e me tornei CDF, a irritante sabe-tudo como diria o Snape. 
Hoje posso dizer que sou um protótipo dela! Rs...
E é por isso que devo tanto à Harry Potter... Por isto, esta saga mudou minha vida.
Todas as vezes em que eu ficava triste, HP me acalentava o coração, me trazia felicidade e o que havia de melhor dentro de mim, me inspirou.. me deu forças.
Graças à Hermione, eu consegui tirar boas notas e não deixei a escola (o que poderia ter sido o maior erro da minha vida). 
Graças à HP, eu conheci pessoas incríveis! Aprendi muitas palavras, adquiri um gosto maior pela leitura, encarei meu medo de ir sozinha ao cinema, construí personalidade...e principalmente... descobri que a magia existe e que eu não sou trouxa. 
Ok, minha carta de Hogwarts nunca chegou (HAHA) mas pensando bem... 
Ela chegou sim! Para todos nós ... fãs. Quando J.K. escreveu o livro..., nos deu uma carta e junto com o Harry nós entramos em Hogwarts, conhecemos o mundo mágico.
Harry Potter trouxe magia à vida de milhares de pessoas e tenho certeza de que cada fã, tem uma história linda com o Harry. 
Só Deus sabe o amor que sinto por este mundo. 
Falando em Deus... Vocês devem ter percebido que sou tremendamente apaixonada por Deus e tenho uma fé grandiosa no Senhor (te amo Pai ♥), qual não foi meu desapontamento ao ouvir boatos de que Harry Potter era coisa do diabo, que ensinava magia e que os feiticeiros não iriam para o céu (como diz o Apocalipse)!
Pois para todos os tolos que disseram isso... Harry Potter foi um presente de Deus para nós..., essa saga não me trouxe NADA de mal, pelo contrário... só reforçou minha fé em Deus e na vida.
Só Deus pode ter dado essa inspiração mágica para a J.K. *-* E ela mostrou que isto é verdade.. ao colocar em Harry Potter e as Relíquias da Morte, um trecho da Bíblia: 
“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração” Mateus 6.21
:D ficou provado agora, pessoas maldosas? 
E quanto à parte que diz que os feiticeiros ficarão de fora... 
O sentido de feiticeiros expresso na Bíblia, diz respeito àqueles que usam a magia para praticar o mal.
A fé é a mágica, a vida tem magia... nós é que interpretamos tudo errado!
E ontem... assistindo à Premiere Mundial de HP7 Pt. II ao vivo.., eu simplesmente chorei.
Vi um flashback passar pela minha cabeça. Minha vontade era de dar um grande abraço na J.K. e agradecê-la por ter trazido mágica para minha vida.
Ao ver o Dan, o Ru e a Emm juntos.. lembrei-me da cena em que os três contracenaram juntos pela primeira vez, no trem.. rumo à Hogwarts.
Eu olhei para eles crescidos e olhei para mim...e nossa... eu também cresci!
Nós todos da geração Harry Potter somos sortudos demais! Mesmo não tendo ido à Premiere..., mesmo assistindo com os olhos vermelhos e cheios de lágrimas, toda arrepiada aos muitos fãs gritando loucamente diante de J.K. e dos atores... eu estava feliz. Eu fazia parte daquilo e todo fã, em cada ponto do globo terrestre também era um pedaço daquilo. 
Hoje, há 6 dias do fim... digo que quando os créditos finais do filme aparecerem na tela, não será o fim.
Harry Potter será eterno. Lembrem-se, Hogwarts sempre estará aberta para todos aqueles que precisarem dela. Não estaremos indo para casa, não mesmo. 
Finalizo com uma frase dita pela J.K. ontem: 
"Hogwarts will always be there to welcome you home." 

Ahh, eu não vou chorar! 

To be continued... 



Kisses, Thay ;* 

2 comentários:

  1. ei cara de boa, não li tudo só os pedaços do teu post ( mas pretendo ler inteiro) mas meus olhos encheram de lágrimas ao ler. Realmente faz parte da infancia de muita gente, e sorte é a nossa que nascemos na geração Harry Potter.

    ResponderExcluir
  2. kkkk o post ficou beem longo, eu estava inspirada, Harry Potter realmente teve uma importância muito grande na minha vida *--*
    Siim, somos muito sortudos e que nossos filhos conheçam essa magia também \o

    ResponderExcluir