Letters* Pressa!

 Não há tempo para esperar!! Tenho pressa, muita pressa de ser feliz! Não há mais sorrisos   para desperdiçar, não há mais paciência para aguentar. É tempo de ir atrás dos sonhos, chegou a hora de viver tudo aquilo que eu sonhei. É hora de pegar a bagagem e rumar para a ilha desconhecida. Estou esperando nesses bancos há tanto tempo que nem posso acreditar que o meu trem finalmente chegou! Mas, sim, não foi um engano... é o meu trem, finalmente!

Eu vi tantas pessoas partindo, enquanto eu fiquei sentada aqui esperando dia e noite...O meu Expresso nunca vinha! Eu, desesperada, tentei tomar outros trens, mas me dei mal... eles iam para um caminho errado e eu sempre acabava perdida.
Mas, hoje o meu trem finalmente veio! Eu não posso esperar mais um minuto!! Quase me mumifiquei de tanto esperar nessa estação! Eu quero correr e partir logo..., nenhuma barreira pode me impedir mais. Nada de esperar, não não, eu quero alegria para ontem. Afinal de contas, eu passei a eternidade lamentando por ter tomado rumos errados. 
Preciso recuperar o tempo perdido! Toda a energia que guardei, todos os bons sentimentos que cultivei para que quando esse dia chegasse, eu pudesse espalhar tudo aos quatro ventos.
Chega de inventar desculpas, de reprimir, de adiar, de criar algum impedimento, de esconder... lá vou eu, não me espere, eu não voltarei. Finalmente estou indo para casa.





Nenhum comentário:

Postar um comentário