Letters* Sem palavras

Estou sem palavras para descrever...
Pela primeira vez na vida, não consigo parar e pensar sobre tudo. Não consigo pensar no que virá no futuro, nem no que passou... só consigo pensar no hoje.
Só consigo pensar no presente, em cada segundo...Não sei se estou cometendo um grande erro, não sei e nem quero saber. Quero apenas viver... É, viver e não apenas existir.
É estranho, sempre tive a louca-obsessiva mania de todos os dias pensar, pensar e pensar sobre o que eu estava fazendo e o que deveria fazer (no que aconteceria)... E agora..., não consigo fazer isso.
Por quê? 
Admito que fico meio apreensiva por perder o controle de meus próprios atos, gosto de saber sobre tudo o que está acontecendo comigo. Perder o controle me deixa...uhn, sem saber o que fazer. Mas, eu tenho que fazer alguma coisa?
Acho que não, talvez tenha chegado o momento em que eu tenho que sossegar.
Descansar nos braços do presente, dar as mãos para Deus e deixar que Ele me guie.
Talvez seja a hora de abandonar as mágoas passadas, sorrir, caminhar por novas estradas.
Eu sempre fui muito desesperada, estou deixando de ser...
Estou deixando de ser tanta coisa, estou mais calma... Mais, confiante. Mais esperta! Só queria deixar de ser tão desconfiada...só queria que as feridas se cicatrizassem de vez.
Só queria deixar de me preocupar tanto. Aos poucos estou conseguindo, estou aprendendo...
Estou demorando o olhar no presente...
Estou sentindo... devagar, aos poucos... indo longe, lentamente.
Como o vento que passa tocando suavemente a pele, estou caminhando pelos meus momentos, pelo que eu sou...
Pela primeira vez na vida, eu estou no presente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário