Books* Amor e Ódio

Hi, my friends! Eu realmente estou curiosa e encantada com a relação "amor e ódio". Estava me recordando de algumas histórias em que os personagens se veem diante de tal situação. Como você pode, ao mesmo tempo, ter vontade de dar livradas na cara de alguém e se jogar nos braços dela? Como pode alguém lhe despertar raiva intensa e no minuto seguinte, uma paixão avassaladora? Estou tentando entender. Talvez alguns personagens me ajudem!

- Catarina e Petrucchio de A Megera Domada - do tio Shakespeare


Catarina é osso duro de roer (como o título sugere), a moça afasta todos os pretendentes que lhe surgem pois não quer de forma alguma se submeter aos homens. Algo ruim para sua doce irmã Bianca, que só pode se casar depois da irmã. Eis que surge Petrucchio, um grosseirão de primeira que poderia dar as mãos para Mr. Darcy haha (falaremos dele daqui a pouco) que pretende conquistar Cat, de modo a receber o dote da megera.
O filme 10 Coisas que Eu Odeio em Você foi baseado nesse clássico, como já comentei! A relação de Cat e Petrucchio (no caso de 10 things, Cat e Patrick) é mesclada de amor e ódio. Eles se ferem a todo momento, mas sabem que um derrete o gelado coração do outro. É muito cômico e lindo observar como os sentimentos vão modificando esses dois durões.

-  Lizzie  e Mr. Darcy de Orgulho e Preconceito - da tia Jane Austen


Já falei muito desse casal aqui, haha! O Mr. Darcy é um chato de primeira, repugnante e implicante... Lizzie logo percebe isso e infelizmente, prova do esnobismo desse preconceituoso rapaz. A moça também não é fácil, é independente, determinada, firme e também é ruim quando quer. Porém, logo essa relação vai passando do desprezo mútuo para o amor intenso.
Acabamos por descobrir que por trás da carapaça dura de Darcy, há um coração que ama Lizzie mesmo com todos os seus defeitos. Compreendo que deve ter sido difícil para o moço admitir um sentimento tão forte por alguém que possuí as características que ele mais repudia. No entanto, sabemos que o amor trata de dar conta de tudo isso, amamos a pessoa pelo que ela é e não pelo que queríamos que ela fosse.

- Luce e Daniel de Fallen - da tia Lauren Kate


Na minha resenha acerca desse livro, comentei que a primeira coisa que Daniel fez ao ver Luce  foi mostrar o dedo do meio para ela, haha. Uma implicância inexplicável, porque a garota nunca havia feito nada de mal para ele. O rapaz tenta fazer de tudo para afastá-la (e sim, ele consegue ser muito chato), mas ela é teimosa (haha parece alguém que eu conheço) e não desiste. Aos poucos, a coisa vai mudando...O mais legal é que a Luce sente  que os sentimentos de Daniel por ela são mais do que ódio e desprezo. Ela sabe.

- Bridget Jones e Mark Darcy de O Diário de Bridget Jones - da Helen Fielding


Inspirado em Orgulho e Preconceito, esse livro nos mostra a relação de ódio e amor entre a Bridget e o Mark. A diferença é que é muito engraçado!!! No começo um despreza o outro intensamente, o Mark é arrogante e a Bridget não faz questão de ser agradável com ele também. Os dois ficam prestes a se matar, no entanto percebemos que Mark é quem realmente se importa com a Brid, apesar de tudo. Ai, é lindo!

- Nora e Patch de Hush Hush - da tia Becca Fitzpatrick


O Patch é convencido, prepotente, cheio de si, maldoso.. mas é lindo, misterioso, charmoso, sedutor e cheio de personalidade forte! Sou suspeita para falar, porque ele é meu grande amor da literatura haha. A Nora é outra que não é nada fácil, sendo extremamente teimosa e muito insuportável às vezes. Ela não tem medo de confrontar o Patch, mas acaba se rendendo sempre (droga, agora eu percebo o quanto pareço com ela! :X)

- Annabeth e Percy - de Percy Jackson - do tio Rick Riordan


Haha, Percabeth é demais!! A Ann é mais durona que o Percy, vive chamando ele de Cabeça de Alga e fala que ele baba enquanto dorme, logo que se conhecem haha! Vivem soltando faíscas pelas ventas quando estão juntos, mas se amam tanto! *-*


- Hermione e Rony de Harry Potter - da tia J.K


Ahhhh esse é o meu casal favorito EVER! Rony e Mione são um exemplo clássico de amor e ódio. Os dois vivem brigando, mas na verdade se amam intensamente. 
Um implica com o outro, mas não conseguem se distanciar. Mione dá broncas e livradas nele haha, coisa que eu admiro bastante. O Rony é um legume insensível no início, mas depois toma atitude e assume o que sente!


Nenhum comentário:

Postar um comentário