Origami

Hi, my lovely readers! Dei uma sumida de novo, não é? Me perdoem! Ando com a cabeça tumultuada de muitas coisas haha. Para lidar com isso, decidi prosseguir com a arte de fazer origamis! Eu havia comentado sobre essa nova atividade, em um post. Pois bem, me empenhei e consegui fazer mais três novos tipos de dobradura.
Hoje vim falar um pouco mais sobre essa técnica japonesa.
De acordo com nossa amiga Wikipédia, origami  (do japonês: 折り紙, de oru, "dobrar", e kami, "papel") é a arte tradicional e secular japonesa de dobrar o papel, criando representações de determinados seres ou objetos com as dobras geométricas de uma peça de papel, sem cortá-la ou colá-la.
O origami usa apenas um pequeno número de dobras diferentes, que no entanto podem ser combinadas de diversas maneiras, para formar desenhos complexos. Geralmente parte-se de um pedaço de papel quadrado, cujas faces podem ser de cores ou estampas diferentes, prosseguindo-se sem cortar o papel. Ao contrário da crença popular, o origami tradicional japonês, que é praticado desde o Período Edo (1603-1897), frequentemente foi menos rígido com essas convenções, permitindo até mesmo o corte do papel durante a criação do desenho, ou o uso de outras formas de papel que não a quadrada (rectangular, circular, etc.).
Segundo a cultura japonesa, aquele que fizer mil origamis da garça de papel japonesa (Tsuru, "garça") teria um pedido realizado - crença esta popularizada pela história de Sadako Sasaki, vítima da bomba atômica.

Haha, eu estou tentada a fazer esses mil tsurus! Gente, a história da Sadako é muito emocionante!
Ela vivia  em Hiroshima e tinha apenas dois anos de idade quando lançaram aquela bomba horrorosa na cidade. Graças aos céus, ela saiu ilesa dos ataques diretos desse instrumento bélico, mas infelizmente.. uma bomba traz consequências mais terríveis do que ferimentos diretos. Quando a garotinha e sua família fugiram de Hiroshima, foram cobertos pela radiação que caíra sobre a cidade. 
Tudo parecia muito bem, até que aos doze anos, Sadako passou mão durante uma aula de educação física.
A menina, então, foi diagnosticada com leucemia.. que já havia atacado muitas outras crianças, era conhecida como a "doença da bomba atômica".
Os médicos deram apenas 1 ano de vida para a mocinha, em fevereiro de 1955 quando foi internada.
Até que em agosto do mesmo ano, Chizuko Hamamoto, melhor amiga de Sadako, foi visitá-la e deu-lhe um origami de tsuru contando a lenda de que se ela fizesse mil exemplares daquele, teria um pedido realizado.
Sadako começou a fazer os mil tsurus, com um sonho em mente: curar-se da doença.
Infelizmente, a doença progrediu rapidamente. Mas mesmo assim... a garota prosseguia firme e persistente dobrando os origamis, mesmo debilitada. 
Depois de um tempo, Sadako percebeu que a doença era provinda da guerra e começou a desejar algo bem maior que a sua cura. Ela queria a paz para toda a humanidade, de modo que ninguém mais sofresse por conta das guerras. Assim, falou para os origamis:  "Eu escreverei PAZ em suas asas e você voará o mundo inteiro".

Em 25 de Outubro de 1955, Sadako fez seu último origami e faleceu. A menina conseguiu fazer 644 tsurus... Porém, ela comoveu tanto... que seu exemplo foi seguido por seus amigos, que acabaram fazendo o restante dos origamis para serem enterrados com ela.
A história de Sadako sensibilizou todos, graças à sua determinação e coração. Os colegas da menina formaram uma associação com uma campanha: fazer um monumento em memória à amiga e à todas as crianças que sofreram com a guerra. 
Com as doações de alunos de 3100 escolas do Japão e de mais nove países, eles conseguiram erguer em 1958, o Monumento das Crianças à Paz (também conhecido como Torre dos Tsurus).



Os monumentos japoneses, geralmente são considerados locais mitológicos, onde eles acreditam que os Espíritos vivam. Na base dessa construção, está escrito:

"Este é nosso grito,
Esta é nossa oração:,
PAZ NO MUNDO"

Desde então, milhares de tsurus de papel colorido são enviados de todo o mundo, num gesto muito bonito que demonstra a preocupação das crianças e o poder que elas tem de lutar por causas justas.
Sadako faleceu muito jovem, mas nesse pouco tempo de vida conseguiu mobilizar muitas pessoas, mostrando o amor ao próximo. A lenda dos mil tsurus mostrou-se verdadeira, Sadako teve seu pedido realizado. Mas não foi sorte, nem mágica... foi o poder do amor e da força de vontade.

Chorei com essa história... Toda vez que eu fizer um tsuru, me lembrarei dessa garotinha.
Estou inspirada... um origami pode mudar o mundo!
Além disso, há vários benefícios ganhos através dessa maravilhosa arte! Vejamos alguns:

 - Memória;
- Criatividade;
- Raciocínio lógico;
- Percepção visual e espacial;
- Coordenação motora fina;
- Atenção e concentração;
- Alívio de stress e tensões;
- Paciência e tranquilidade;
- Auto-estima.

Eu concordo plenamente com isso! Está me fazendo tão bem!
Aqui estão algumas fotos dos meus origamis, ainda não estão muito bons, porque sou uma iniciante desajeitada.. Maas, a prática leva à perfeição!
Não vou dizer que é moleza porque estaria mentindo (pode ser que seja para algumas pessoas)!! Fazer um origami exige muita PACIÊNCIA e FORÇA DE VONTADE. Você precisa ser muito cuidadoso com as dobras, porque elas é que dão forma ao objeto que será construído.
Há muitos vídeos ensinando, além de diagramas e fotos.. Eu tive dificuldade em seguir alguns passos haha, mas depois fui pegando o jeito. Prefiro as fotos aos vídeos e diagramas.
Para começar, acho que seria uma boa fazer o tsuru! Não é tão complicado.
O papel você pode achar em qualquer papelaria. Eu comprei os meus na Daiso (lá em São Paulo), eles são do Japão! Para começar... vocês podem usar panfletos, jornais etc.
Acabei com vários papéis, mas não desisti haha... e aqui estão os resultados:


Uma rosa, o origami que achei mais difícil de fazer!


Lírios *-* 


Meu casal de tsurus e um coração (o roxinho foi feito
pela minha prima)




Uma shuriken! Agora sou uma ninja armada!

Aproveitando o embalo, fiz alguns marca-páginas :)

                             
                                Os marca-páginas são mais fáceis, já que podem ser recortados


Fiquei tão contente ao conseguir fazer esse bookmark
potteriano haha



Estou fazendo mais!
Aqui estão os sites de instruções:
- Origami Instructions
- Como Fazer Origami

Um dia eu conseguirei fazer um desses:


Há também vários canais no Youtube:


Nenhum comentário:

Postar um comentário