Top 5* Vídeos da Semana

Hi, my lovely readers! Dando o ar da graça aqui, depois de séculos sem postar...
Estou pensando no que posso escrever de interessante, considerando que minha cabeça está sendo bombardeada por informações bem legais (mas que dizem respeito mais ao meu curso haha).
Estou lendo "Estilhaça-me", "A Hospedeira" e alguns livros de Física! Terminei de ler um mangá muito bonito, o qual pretendo resenhar em breve.
Por enquanto, aí vão os vídeos que andei assistindo ;)


Ataque Zumbi - ensinando seus filhos



Almost Home - Mariah Carey



Heart Attack - Demi Lovato



Hurricane - Bridgit Mendler



Haunted - Poe


Letters* Mude - Edson Marques

MUDE


Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua. Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias. Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda. Durma no outro lado da cama... Depois, procure dormir em outras camas. Assista a outros programas de tv, compre outros jornais... leia outros livros.
Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.
A nova vida. Tente. Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado... outra marca de sabonete, outro creme dental... Tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores. Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias.
Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só. E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino. Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda !
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não
vale a pena!

Letters* Apaixonada por Palavras


Apaixonada por Palavras - Paula Pimenta


"Odeio cantadas. Flores não me seduzem. Chocolates então, nem pensar. O que me comove são palavras.

No caminho de casa, passo por uma pista de cooper onde têm barras e aparelhos de ginástica. Em qualquer hora do dia ou da noite, rapazes de se fazer inveja aos galãs globais puxam ferros, correm mais do que para tirar a mãe da forca, levantam pesos, malham até o dedão do pé. Ao lado deles, garotas soltam suspiros para cada flexão de braço, lançam exclamações para cada bíceps trabalhado, fazem votação para definir qual peitoral é o mais sarado. Deixo tudo para elas. Tais rapazes não merecem um segundo olhar meu. Para mim, músculo em excesso é inversamente proporcional à inteligência.

Fim de semana. Depois de muita insistência, aceito o convite das minhas amigas para ir dançar, mesmo sabendo que me arrependerei. Lugar dos infernos. Quente, barulhento, enfumaçado. E ainda por cima tenho que escutar aquela mesma frase: "E aí, gata, vem sempre por aqui?". Fico na dúvida entre vomitar, sair correndo ou fingir que sou surda.

Outra situação: O moço é lindo. Toca violão. Minha família gosta dele. Já estou quase convencida de que é minha alma-gêmea. E então ele me manda um cartão: "Não me canço de te olhar". É, querido, vai ter que olhar para o outro lado. Cansada estou eu de quem não sabe escrever nem em português.

Mas por que eu sou tão viciada em palavras? Por ter crescido lendo enquanto minhas amigas brincavam de pique-esconde? Por minha primeira paixão ter sido o Cebolinha, nos gibis da Turma da Mônica? Por amar poesia desde que nasci? Não sei. O fato é que me desperta curiosidade quem sabe escrever o que pensa.

Garotos que escrevem bem têm um charme diferente. Suas palavras me acariciam de tal forma, que se tornam vitais para minha sobrevivência. Se eles têm tanto cuidado com a escrita, imagine o carinho que teriam comigo... Ah, os homens que sabem escrever! Alguns conseguem ser tão sinestésicos, que chego a perceber a voz deles por entre as linhas.

Os que mais me impressionam são os que adivinham meu pensamento, mesmo sem me conhecer. É indescritível a sensação de ler um texto e me identificar totalmente com as palavras do escritor. É como se ele tivesse roubado a ideia que eu ainda não havia tido, mas que já existia em mim. Emocionante perceber, na medida em que meus olhos vão descendo por sobre o texto, que existe alguém que pensa exatamente como eu.

Infelizmente, a recíproca não é verdadeira. O sexo masculino, no geral, ainda se sensibiliza mais com um corpo esculpido do que com a forma que as escritoras dão às suas frases.

No dia em que eu encontrar um que se importe mais com o que eu escrevo do que com a minha embalagem, eu me caso. Desde que a proposta seja feita por escrito. E que por trás daquelas palavras, existam óculos em vez de músculos."


*crônica retirada do livro homônimo

Feelings* Sobre Dementadores e Depressão

Quando estamos tristes, é difícil nos lembrarmos das coisas boas. Tudo parece uma droga, nada é empolgante e tudo o que queremos fazer é nos desligar do mundo.
Ok, mas difícil não quer dizer impossível!
Já dizia o sábio Dumbledore "A felicidade pode ser encontrada nas horas mais sombrias, se a pessoa se lembrar de acender a luz".
Acho que o primeiro passo para acender a luz é lembrar de quem você é.  Aprendi isso em "O Rei Leão"! Embora seja complicado colocar em prática, é preciso tentar com afinco.
A depressão parece um dementador que vem sugar toda a sua felicidade e esperança... Fria e mortal.
E para combater essa criatura terrível, é preciso executar o feitiço do Patrono. O encantamento só funciona se nos concentrarmos em uma lembrança realmente muito feliz. O mesmo deve acontecer para nos livrarmos da tristeza.
Aliás, a  tia Jo disse que a figura do dementador, de fato, representa a depressão. O que eu aprendi com Harry e todo o pessoal, é que tenho poder para destruir as ações do monstro depressivo.
Só não como chocolate porque engorda haha! Mas sei que isso costuma funcionar bem para as pessoas.
Portanto, quando estiver na rua da amargura.. lembre-se disso. Conjure seu patrono e faça ele resplandecer.
As coisas não tem de ser assim tão massantes, sua vida não é Azkaban!



Lembre-se de momentos felizes da sua infância, a primeira festa de aniversário, o primeiro Natal, o dia em que aprendeu a amarrar os sapatos, as manhãs em frente à televisão, às visitas nas casas dos amiguinhos etc.
Acredito que a vida é um ciclo, não é composta apenas por alegria ou apenas por tristezas.

Se as coisas estão ruins agora, pode acreditar que daqui alguns dias ficarão boas.
Porém, se você permitir que o dementador te dê o beijo fatal..., nada dará certo.
É tentador querer jogar-se na cama e chorar até dormir, ouvindo repetidamente aquelas músicas que te dão ainda mais vontade de morrer. Resista! Há coisas bem melhores, por mais que você não possa enxergar.
Expecto Patronum na depressão!!
Sempre existe uma sementinha de alegria em meio ao caos, sempre.


Onde ela está agora?  Acenda a luz e verá.



Book* Apaixonada por Palavras - Paula Pimenta

Hi, my lovely readers! Estou de volta \o
Vim falar de um livro muito fofo que comprei na Bienal de SP, no ano passado. Desde que fiquei viciada em Fazendo Meu Filme, busco outras obras da Paula Pimenta para ler.
Por sorte, consegui comprar um exemplar autografado de Apaixonada por Palavras!
Apaixonada por palavrasTerminei a leitura rapidamente, já que o livro é bem gostoso de ler.

Título: Apaixonada por Palavras
Autora: Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
160 páginas

Sinopse
Nos romances das séries “Fazendo meu filme” e “Minha vida fora de série”, Paula Pimenta conta a história de seus personagens. Já as 55 crônicas de “Apaixonada por palavras” contam o próprio dia a dia da autora. Aqui a protagonista é a Paula. Aqui é o destino dela que conta e que se conta. Aqui nos identificamos com ela e torcemos por ela. Aqui nos apaixonamos não por um personagem inventado, mas por uma pessoa de carne, osso, alma e, claro, palavras. 
Fonte: Skoob


Para começo de conversa, a capa é lindíssima, dá vontade de morder! Também gostei muito do formato das letras e da cor rosa que colore algumas páginas.
O livro é composto por crônicas de assuntos bem diversos, desde o tão falado amor até a violência nas ruas. É legal acompanhar o desenvolvimento da Paula, ao longo dos anos. Me identifiquei com muito do que ela escreveu, sobretudo, com a crônica-título Apaixonada por Palavras.
Os escritos nos ajudam a refletir sobre nossas próprias vidas e também, nos fazem dar um passeio dentro de nós mesmos.
Há coisas que passam desapercebidas em nosso dia-a-dia, o legal da crônica é abordar de um modo mais profundo, esses pequenos detalhes que, na verdade, fazem toda a diferença.
Já parou para olhar o trânsito? Os motoristas nos carros ao lado? 
Paula transformou as coisas simples da vida em textos belíssimos.
Aposto que as palavras dela ajudarão, de alguma forma, a todos que lerem o livro. 
Foi assim que me senti, como se estivesse recebendo conselhos de uma velha amiga.
Como se estivesse olhando para a minha vida e sorrindo ao perceber que no final das contas, tudo vira escrita. E isso é realmente muito bom, porque também sou apaixonada por palavras.


Eis alguns dos meus trechos preferidos!

“É muito fácil amar alguém só pelas suas qualidades, mas amar também os defeitos é que prova que o amor é real.”

”Comecei a pensar que na vida tem gente que é mais presente, mais marcante. Tem pessoas que vivem exatamente da mesma forma todos os dias, com prudência, com um guarda-chuva na mochila, com uma caderneta de poupança para as emergências... Já outras vivem com brilho nos olhos, com aventuras planejadas (e também não planejadas), e, a cada vez que as encontramos, elas têm uma novidade, um motivo diferente para estarem felizes. São assim os que vivem cada dia como se não houvesse amanhã.”

"Minha vida não é só o presente mas também o que já vivi e o que viverei. Tudo fica guardado no coração, mas também coloco as recordações do passado na gaveta. E, na cabeça, os planos para o futuro.”


“Alguns príncipes passaram por aqui. Uns se transformaram em sapos, outros em bruxos malvados, e outros viraram simplesmente bons amigos.”

“Quando sofremos muito, choramos, choramos, ficamos angustiados, sentimos dor… mas, um dia aquilo passa."

“Com as nossas escolhas mudamos o rumo da nossa vida a cada minuto.”

“E, por falar nisso, eu bem que gostaria de ter uma vassoura voadora para não ter que enfrentar o trânsito. E também uma capa da invisibilidade para não ser notada em alguns momentos. E, claro, a famosa varinha de condão para ter meus desejos realizados. Aí está a razão do sucesso do Harry Potter: ele tem uma vida mágica. Como a que a gente gostaria de ter.”



Não acho que isso vale para todos os homens, mas infelizmente, só tenho visto exemplos desse tipo.




La belle Nature

Hi, my lovely readers! A sumida resolveu dar o ar da graça!
Hoje vim trazer um pouca de beleza aos olhos! Já repararam no quão bela é a natureza?
Eu sempre fui apaixonada por galáxias e estrelas, bem como por flores e nuvens... É incrível perceber que algo natural foi desenhado de forma tao magnífica.
Trago para vocês algumas fotos que ilustram bem o que quero dizer, espero que fiquem maravilhados

*Campos de Arroz no Vietnã


*O Anoitecer em Paris


*Nebulosa de Roseta


*Comparação


* Aurora Boreal sobre o território Antártico Australiano
AFP PHOTO/AUSTRALIAN ANTARCTIC DIVISION/Frederique OLIVIER

*Noite na China

*Prefeitura de Hokkaido - Japão


*Terra vista do espaço, à noite


Mais fotos incríveis (AQUI)

Letters* Céu Distorcido

Estamos tão distantes, mas eu vou voar até você, nesse vasto céu distorcido. Nós fomos separados, mas um sentimento me diz que vamos acabar juntos.
Nós costumávamos conversar sobre os mais loucos assuntos, brigar e rir um da cara do outro.. Mas agora eu já não posso olhar para a minha vida e ver você. 
Sinto o meu coração se desfazer em milhões de átomos...


Nós sempre estávamos juntos.
Assim a abertura vazia parece muito grande.
A resposta honesta que vem prepotente de você, de
"Até logo mais..." soa tão só.
Se você está chorando em uma cidade desconhecida
Embora você não esteja comigo, eu quero enviar minha face sorrindo a você

Eu vou voar no elevado e distorcido céu
Voar para onde você está
Nossos sentimentos...
Sinto apenas que acabaremos juntos

Nós sempre estávamos juntos no meio do sofá
Que só um senta
Nós tentamos nosso mais difícil para ter certeza que
Nós sempre estaremos enfcarando um ao outro

Não há uma nuvem no céu da noite, que nós observamos
Esses olhos que estão indo em direção aos seus sonhos, não mudaram

As estrelas cintilantes
É até mesmo agora, enquanto lustrando sobre você
Em baixo do céu que não mudou desde o dia que nós nos encontramos
Nós fizemos um único voto

Você tem um hábito de tocar seu cabelo quando você fala
Eu vou dormir só
Até mesmo a dor em meu coração,
É certamente um laço entre nós

Eu vou voar no elevado e distorcido céu
Voar para onde você está
Nossos sentimentos...
Sinto apenas que acabaremos juntos

(Yura Yura - Hearts Grow * Naruto)



Top 5* Vídeos

Hi, my lovely readers! Desculpem-me pelo chá de sumiço! Essa vida de estudante é atribulada, e para ajudar, comecei a fazer curso de francês \o
Porém, não me esqueci de vocês! Tenho que falar sobre livros que terminei de ler, filmes, textos etc.
Só estou esperando o meu cérebro-coração se acalmarem. Por enquanto, indico alguns dos vídeos que andei assistindo ;) enjoy it \o


1- Trailer de Percy Jackson - Mar de Monstros
Estou realmente MUITO ansiosa para o filme! Só espero que não seja tão revoltante quanto o primeiro.



2- 22 - Taylor Swift
Tay inspira nesse clipe!




3- 93 Million Miles - Jason Mraz


4- Heroes - versão Glee



5- All Alone In the Night - Um passeio pelo planeta Terra



Bônus
Symphony of Science
Gente, estou viciada nesses vídeos com explicações musicais sobre Física!