Letters* A curva que desviou do ponto

De repente, eu estava em paz. O riso súbito invadiu minha face e a alegria se instalou no meu coração. Tentei gravar ao máximo aquele momento em mim, para que eu pudesse lembrar dele quando estivesse triste. 
Dizem que a alegria dura pouco, mas eu digo que podemos prolongá-la se nos esforçarmos.
Eu, finalmente, pude sorrir verdadeiramente, algo bom tinha acontecido.
Quando coisas assim acontecem, consequências surgem. A consequência foi eu olhar para mim mesma e notar que eu tinha voltado a ser eu.
É tão bom poder ter a liberdade de ser você mesma! A amargura e a rispidez me abandonaram (finalmente!).
Todo sentimento de cunho negativo foi varrido do meu coração. Graças a Deus! 
Eu sei muito bem que vou sofrer muito ainda, sei que as coisas não funcionam do jeito que eu quero, sei que vou me revoltar, sei que vou chorar de madrugada, sei que vou me sentir revoltada, sei que vou ter medo, sei que vou ser pisada... Mas nada disso importa se eu puder ser eu mesma.
Guardarei todo pequeno momento dentro do meu coração. Meu Universo Particular é encantado e só MEU.
Não faço questão de vencer todas as discussões e ser a pessoa que domina a situação, sério mesmo.
Mais vale sentir-se em paz do que ser "a boazuda" da estória.
Percebo que a vida está me provocando..., querendo fazer eu cair. Mas eu não vou.
Tudo gira na minha cabeça. Mas dessa vez não é como um furacão, mas como um rodopio que faz cócegas.
Eu estou feliz! Mesmo sabendo de uma coisa horrível que poderia arruinar meus dias. Ainda assim estou contente!
Lembro da última vez em que recebi a mesma notícia. Carambola, eu mergulhei na tristeza.
Mas dessa vez, farei diferente.
Talvez, você... caro leitor(a).. não entenda bulhufas do que estou dizendo, mas eu sei que o seu coração entende.
Coisas belas começam a acontecer dentro da gente. Não desista de ser quem você é, só porque a vida diz que pessoas assim só se ferram.
Sempre desconfiei das estatísticas... porque há sempre um ponto fora da curva.
Meu sorriso é a curva que desviou do ponto :)


Nenhum comentário:

Postar um comentário