Letters* Dessa Vez

Dessa Vez 

"De algum modo, dessa vez eu vejo tudo diferente
Dessa vez, eu consigo pensar melhor
Dessa vez, eu posso me lembrar de tudo e, assim, ponderar
Dessa vez, eu não consigo me entregar ao impulso
Impulso de me atirar no abismo dos meus próprios sentimentos
Dessa vez, eu olho para mim e reflito sobre o que eu sou
o que eu quero
Dessa vez, eu posso ver o que definitivamente não desejo que se repita
Dessa vez, eu não quero ouvir os murmúrios negativos
Dessa vez, eu não quero que ditem o que eu devo fazer
Dessa vez, eu não consigo deixar que as minhas vontades cegas me dominem
Dessa vez, eu me barro e me apoio em mim mesma
Dessa vez, eu vejo que uma situação dolorosa é a minha chance de mudar o errado
Dessa vez, eu percebo que eu estou aqui e essa é a minha vida
Dessa vez, eu quero me proteger
Dessa vez, eu não choro pelo acontecimento ruim, mas pela minha forma de lidar com isso
Dessa vez, eu vejo que já não dá mais
Dessa vez, eu digo Não
Dessa vez, eu não quero
Dessa vez, eu escolho a outra direção
Dessa vez, eu vou ir pelo caminho mais árduo
mas que com certeza culminará na minha transformação"

T. T. Yamasaki

Nenhum comentário:

Postar um comentário