Desilusão - Quebrando algumas ideias fantasiosas

Hi, my lovely readers!! Há séculos que pretendia escrever esse post, pois acho que ajudará muita gente. Afinal, quem nunca teve uma desilusão amorosa?
Acredito que as desilusões podem ser classificadas em dois tipos. Tem a desilusão platônica, na qual você não tem envolvimento real nenhum com a pessoa amada (fica apenas no amor platônico) e então descobre que a criatura em questão gosta de outra pessoa e/ou está namorando.O outro tipo diz respeito a quando você tem algum rolo/relacionamento com o ser em questão e então por algum motivo toma um fora (vulgo pé na bunda). Já passei pelos dois haaha e sou especialista em superar isso! Agora que estou numa fase mais tranquila, sem essa questão de poder ter o coração quebrado, considerando que meu coração está zen (zen paciência para essas coisas hahaha). É impossível prever quando você terá uma desilusão, mas com o coração vazio fica difícil de ter alguma, né?
Enfim... Gostaria de dizer que toda dor provinda de um "passa fora" logo desaparece.
Você sempre vai achar que jamais esquecerá a tal pessoa e que jamais voltará a ser feliz... mas isso tudo é uma grande tolice. É claro que você não esquecerá a pessoa, pois todos que amamos ficam marcados em nós para sempre, mas tal lembrança já não significará tanto, ou melhor, terá um significado mais ameno.
Todas as 4 vezes (ou mais, até perdi a conta kkkk, brincadeira u.u é que uma mesma pessoa já me deu um monte de foras) em que sofri uma desilusão, fiquei quase da mesma forma: depressiva, sentindo que o meu coração estava sendo estraçalhado em milhões de pedacinhos, que o Universo me odiava e estava conspirando contra mim, que nunca mais voltaria a ser feliz, que jamais esqueceria a pessoa, que só ela se encaixava no meu coração e jamais encontraria outra pessoa pela qual poderia me apaixonar.
Alguns meses depois (ou anos, dependendo do tanto que eu amava o meu "alvo" kkk), lá estava eu, feliz e já encantada com outro garoto, com a coragem e disposição de enfrentar todo o processo novamente.
Fiquei muito tempo sem gostar de ninguém e com preguiça em relação a esse negócio de Amor kkkk (estou nessa fase agora), mas de repente, a vontade de ser feliz nessa área voltava ao meu ser.
Você pode pensar que é pior quando o seu grande amor começa a namorar com outra pessoa, mas eu acho que desse jeito é mais fácil de esquecer. Há pesquisas que comprovam que quando o nosso cérebro encontra uma única possibilidade de algum dia o idealizado romance dar certo nós não nos desiludimos, pois acreditamos que há uma chance de sermos correspondidos. Agora, quando você lida com o fato de que a pessoa está namorando, você desencana mais rapidamente.
Vai ser horrível na hora e não tem jeito de não enfrentar a dor, mas ela passa e depois parecerá ridícula.
Ahh Thaís, mas o que eu faço para vivenciar esse momento terrível sem sofrer tanto?
Listei algumas dicas que podem ajudar :)


1 - Na minha opinião, a primeira coisa a fazer é "abraçar" sua dor, ou seja, chorar pra valer e ficar tão triste, mas tão triste a ponto de esvaziar toda a tristeza de dentro de você. É melhor sofrer tudo de uma vez, do que ficar guardando e cair na depressão.
2 - Se sentir vontade de fuçar no perfil do cara e ver a felicidade dele sem você, ótimo, faça isso e sofra mais um pouco (tom irônico modo on). Fuça porque daí você vai tomar vergonha na cara e ver que não vale a pena continuar nesse poço fundo de tristeza.
3- Converse com amigos, desabafe, se possível com aquele amigo mais sincero de todos, o que vai dizer: para de chorar e vira gente, se não vou dar um soco na sua cara!
4- NÃO TENHA DÓ DE SI MESMA! Autopiedade é um dos piores e mais destrutivos sentimentos. Para que ter dó de si????
5 - Lembre-se das pessoas nas quais você já deu um fora. Pois é, coloque-se na posição da pessoa que você gosta e pense: seria legal ficar com alguém que eu não amo, só porque essa pessoa me ama??
É claro que não! Assim como você não foi obrigada a dar uma chance para aquele carinha nada a ver que se declarou para você, a sua paixão também não tem que ficar contigo por dó. Também é ruim quando alguém gosta de nós e nós não gostamos da pessoa... ainda mais quando você não quer magoá-la.
6- Dedique-se a você mesma! Vá ao cabeleireiro, mude o visual, compre roupas, encontre um estilo, leia livros, faça um curso, tire fotos, apaixone-se por um personagem de série (menos pelo Damon Salvatore, porque ele já é meu u.u e eu sou ciumenta kkkkkkkk), vá ao dentista, comece a fazer terapia, desenhe, encontre algo em que você é boa, enfim, invista em você! Pense no quão maravilhosa você é e no quanto o cara perdeu.
7- Analise seu comportamento e veja se não há nenhuma atitude ruim que você faz com frequência. Sim, porque talvez o problema esteja em seus atos e você não vê.
8- Tenha a certeza de que se não deu certo com esse amor atual, é porque um amor melhor vem vindo aí! Pode ser que demore muuito, pode ser que venha rápido (no meu caso, demorou muito kkkk).
9- Se a pessoa te fez coisas ruins, coloque músicas de revolta e soque uma almofada ou travesseiro, imaginando que é a cara do dito-cujo! Isso me ajudou tantoooo!!! É terapêutico! Kkk mas depois esqueça essa raiva e perdoe a pessoa. Mágoa só faz mal para quem a alimenta.
10- LEMBRE-SE DE QUEM VOCÊ É.
11- Busque inspiração em outras pessoas. Existem solteiras lindas, divas e poderosas que estão por aí arrasando, ao vez de estarem arrasadas.
12- Fique de olho nas outras pessoas legais a sua volta (ás vezes pode não ter ninguém, mas uma hora aparece). Mas também não se force a gostar de alguém só para esquecer um amor. Ficar com outra pessoa só por carência é uma idiotice e só vai fazer você e essa outra pessoa sofrerem. Lembro que eu tinha ódio de quando algumas amigas me diziam para dar uma chance para alguém que estava afim de mim, sendo que eu não sentia nem ao menos simpatia pela criatura!!!!! Forçar NÃO DÁ.
13- Respeite o seu tempo. Não se desespere, não tem coisa mais chata do que os lamentos de uma carente desiludida na internet ou na vida-real. Eu era esse tipo de pessoa e hoje acho que fui uma tremenda besta por fazer isso.
14- Tenha em mente que você NÃO É A ÚNICA pessoa a enfrentar uma desilusão amorosa. Aliás, tem gente pior... e eu que tomei um pé na bunda umas 6 vezes seguidas!? Kkkkkkkkkkkkkkkk e estou bem, feliz e divando por aí u.u kkkk (quem vê pensa). Se eu perdi as esperanças? É claro que elas estão diminuídas e que estou cansada desse treco de Amor, porque o Amor parece me odiar e até agora me trouxe mais dor do que alegria, mas EU SEI que um dia eu vou encontrar a pessoa certa e também sei que estou dando o meu melhor para MIM MESMA agora.
15- Não conte mentiras a si mesma. Seja verdadeira com seus reais sentimentos, não reprima nada, por mais vergonhoso que o sentimento pareça ser. Por exemplo, não escondo que, por vezes, tenho raiva mortal dos casaizinhos felizes e sorridentes que aparecem em meu caminho e dá vontade de tacar uma bomba neles kkkkkk (gente, eu não sou psicopata, juro kkkkk). Mas eu sei que isso aí é recalque kkkkkkk (tanto no sentido freudiano - de eu recalcar no fundo do meu inconsciente que não preciso de ninguém e estou bem sozinha, quanto no sentido popular de recalque - também conhecido com inveja). Ahh lembrei de outra situação recorrente: quando alguma amiga ou amigo começa a namorar/ficar ou vai casar/noivar/se juntar com alguém. Fico feliz pela pessoa, mas também sinto uma tristeza e um pouco de invejinha. Parece que todo mundo encontra alguém legal, menos você... HAHA esses momentos são inevitáveis, mas não duram para sempre.
Não vou mentir, isso seria hipocrisia e me faria mal. O importante é aceitar seus sentimentos e transformá-los em algo bom. Tá, eu vi, fiquei com raiva e triste, mas agora vou lembrar do porque que eu fico assim e então me sentir bem com a situação e pensar que não devo me entristecer com a alegria dos outros, ao invés de fazer isso, devo conquistar minha própria alegria.
16- Ahhh e DANE-SE O DIA DOS NAMORADOS!!!!!!!! Kkkkkkkkkkkk
 Desejo que todos os casais tenham um ótimo dia (de coração gente, inclusive para os meus amigos, familiares e ex-rolos hahaha). Maas, para nós, que estamos livres e desimpedidos, o dia não pode ser uma coisa ruim. Assim como no dia das crianças, no qual não ficamos tristes por não sermos mais crianças (mentira, eu fico... kkk) ou no dia da avó.
17- Para finalizar, gostaria de dizer que estou aqui para ajudar :)



2 comentários: