Quarto Escuro - T. T. Yamasaki

Entrei no quarto de Heath, as luzes estavam apagadas... o silêncio predominava o ambiente sombrio. Um riso apareceu em minha face cansada, quando concluí que aquele quarto era o retrato perfeito de seu dono. Sombrio, taciturno e macambúzio. 
Na cama, forrada por um  lençol com  pequenos pontos de flores verde-musgo, havia um livro surrado. Minha curiosidade diante de livros, seja lá quais fossem, me impeliu a verificar o título da obra.
"Reflexões de uma mente perturbada". Mais um riso. Realmente, tudo ali denunciava a personalidade dele.
Talvez tenha sido esse o motivo pelo qual Heath veio até mim, ele queria analisar uma mente verdadeiramente permeada pelo caos.
Por mais que eu sempre fosse a representação da paz interior, eu não era nada daquilo. Heath percebeu isso. Ele consegue farejar o caos... mesmo que esteja envolto a uma máscara de normalidade.
Sentei na cama e observei o quarto inteiro. 
Eu não sabia o que estava fazendo ali, como viera parar em tal lugar.

Dorama* Personal Taste

Hi, my lovely readers!! Ai ai, hoje assisti o último episódio do K-Drama "Personal Taste"!
Eu já tinha ouvido falar muitoo desse dorama! Até que baixei uma música de sua trilha sonora! Devo dizer que o que mais me chamou atenção na "imagem de capa" da música foi o Lee Min Ho (lindo, maravilhoso) kkkk Posteriormente, uma amiga me falou de "Personal Taste" em um dia na biblioteca da faculdade e, nesse mesmo dia, me mostrou um clipe lindo no qual apareciam os protagonistas.
E, finalmente, graças a super indicação da minha amiga xará, resolvi começar a assistir!!

De início, conhecemos Park Gae In, uma destrambelhada e desleixada designer de móveis. Gae In se prepara para um dia que promete ser bom, veste a primeira roupa que encontra pela frente e prende o cabelo em um rabo de cavalo desajeitado. Enquanto isso, o determinado e metódico arquiteto Jeon Jin Ho se prepara para um dia decisivo em sua carreira. É assim que toda a história começa...
 O primeiro contato entre os dois é desastroso! Ambos se irritam um com o outro e depois do encontro "por acaso" seguem suas vidas, achando que nunca mais encontrarão um ao outro.

Book* Um Dia - David Nicholls

Hi, my lovely readers!
Quando fui ao médico com a minha mãe, não imaginei que fosse voltar para casa com um livro! Eu e a mamys passamos na Americanas e eis que eu vejo o livro "Um Dia" com aquela capa linda de efeito vintage, com a diva Anne Hathaway envolvida em um doce beijo com o lindo Jim Sturgess. Não resisti, o livro me chamou e acabei levando-o! Estava apenas R$ 19,90! Foi uma das melhores aquisições do ano! Não imaginei que naquele momento, estava comprando o "livro da minha vida".


Sinopse
Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.
Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas - vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois.
Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.
Fonte: Skoob

O livro se inicia no dia 15 de Julho de 1988 com Dexter e Emma conversando deitados juntos na cama de Emma. Eles acabaram de se conhecer e dialogam a respeito do futuro, sobre o que farão depois que a faculdade oficialmente acabar. Assim, conhecemos mais os dois personagens. Dexter é bem de vida, sossegado e tudo o que quer é ser feliz e aproveitar bem todos os seus dias. Emma é profunda, envolvida em causas sociais, amante das artes. Porém, eles são muito mais do que isso, conforme vamos acompanhando no decorrer do livro. Emma tem uma queda por Dexter e o moço parece sentir algo por ela, porém não sente ímpeto de iniciar um relacionamento. Dessa forma, surge uma grande amizade.