Eu sabia

Eu olho para o mural de fotos na parede do meu quarto e penso: como algumas pessoas  que eram tão importantes, hoje, não significam quase nada?
Como saber se uma pessoa é realmente confiável ou uma grande representadora? 
Talvez a gente sempre saiba... mas algumas coisas são difíceis de assumir, até para nós mesmos.
É difícil aceitar que aquela amiga não era tão amiga assim, que aquele cara não gostava tanto de você...etc etc etc ad infinitum
Uma das minhas maiores características é sempre enxergar o que há de melhor nas pessoas, por mais que nem mesmo elas enxerguem (isso é tanto uma dádiva quanto uma fraqueza).
Por outro lado, eu sempre sinto quando uma pessoa é de verdade ou não. O problema é quando uma pessoa querida, que até então era verdadeira, passa a ser falsa. Ou pior... quando essa pessoa mostra o que realmente é... e você se recusa a aceitar aquilo.
No entanto, todo mundo cansa algum dia. Até a mais paciente e apaixonada das pessoas.
Você vai enxergando as pistas ao longo dos anos, começa a achar que tem alguma coisa estranha (não, não pode ser...), você percebe, sabe que é a hora de dar um basta.. mas não tem coragem, aquilo vai se acumulando... até que BUM! Não dá mais. A oportunidade perfeita surge.. basta uma briga e você enxerga, vem o impulso. Entre eu e uma """"amizade"""" que me desrespeita e humilha... é lógico que eu escolho a mim. 
Então você percebe que estava de fato certa... Nos momentos de raiva, as pessoas costumam falar verdades, tudo aquilo que está engasgado.
As máscaras caem. E uma vez que decido que a pessoa não merece um pingo dos meus sentimentos, ela morre pra mim. 
As brigas, as lágrimas, as ofensas, todo o nervoso, a mágoa, o rancor, a grosseria, o desrespeito, a "traição"... tudo dói. Mas a dor dura pouco, porque o alívio também vem. O alívio de ter conseguido perceber a falsidade, o alívio de não ter mais aquela pessoa destrutiva te manipulando, fazendo abuso emocional. Então você respira.
E pensa: "eu sabia".

3 comentários:

  1. Nossa...texto perfeito! Algumas partes aí, parece até q fui eu q escrevi!...
    Mto triste conviver c a falsidade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, R. Star! ^-^ Que legal que se identificou! Sim, é difícil conviver com isso, ainda mais nesse mundo de aparências de hoje em dia, né? Mas ainda existem pessoas de verdade, tenhamos esperanças <3

      Excluir
    2. Verdade!
      Mas teve e tem horas q eu quase perco as esperanças... :/
      Mas, sei q já q existem pessoas como eu e vc q sofrem e condenam esse tipo de comportamento, é pq ainda existem pessoas q valem a pena :)

      Excluir