Movie* A Teoria de Tudo

Hi, my lovely readers!! No domingo, finalmente fui assistir o tão esperado filme "A Teoria de Tudo"... que conta um pouquinho da vida de Stephen Hawking (sou fã dele).


Sinopse
Baseado na biografia de Stephen Hawking, o filme mostra como o jovem astrofísico (Eddie Redmayne) fez descobertas importantes sobre o tempo, além de retratar o seu romance com a aluna de Cambridge Jane Wide (Felicity Jones) e a descoberta de uma doença motora degenerativa quando tinha apenas 21 anos.

O filme começa com um Stephen Hawking bem novinho, aluno de cosmologia da aclamada Cambridge. O jovem físico vai à uma festa com seu amigo e companheiro de quarto, e lá conhece Jane Wilde. Os dois começam a conversar e se dão super bem, a partir daí, acompanhamos a evolução desse relacionamento. 
Enquanto isso, também temos contato com o dia-a-dia de Steph, sua vida acadêmica, os cálculos, os exercícios, as ideias a respeito do universo, a especial atenção em relação ao "tempo"... Sou fascinada por física e, para mim, as partes mais interessantes eram aquelas nas quais Stephen Hawking pensava em sua teoria. Porém, devo dizer que achei extremamente linda a relação dele com a Jane. A cena do baile ao ar livre.. quando começam a soltar fogos, me fez suspirar e ficar deslumbrada, de tão linda e singela. 
Outro ponto de muita importância diz respeito à doença de Stephen, o momento em que ele descobre que a tem foi bem impactante...! Fiquei imaginando o quão difícil deve ser descobrir que seus músculos não funcionarão mais e que sua expectativa de vida é de apenas dois anos. Provalvemente, a maioria das pessoas se desesperaria e cairia em depressão... Stephen ficou realmente perturbado, mas resolveu seguir em frente. O amor de seus amigos, de sua família e principalmente de Jane.. o tornou mais forte. A moça não desistiu dele, todos lutariam juntos contra o tempo e fariam aqueles dois anos valerem a pena. O físico não parou de estudar, pensar... mesmo com muletas ia à palestras e reuniões com o orientador, 
As cenas do casamento de Jane e Stephen são maravilhosas, o nascimento dos filhos deles...


Porém, é um drama... pois há muitos obstáculos a serem enfrentados. O filme foi baseado no livro da própria Jane (o título original é  "Travelling to Infinity: My Life with Stephen"), então vemos bastante a perspectiva da então esposa de Stephen. Não deve ter sido nada fácil para ela, cuidar dos filhos, da casa e do marido debilitado - é uma verdadeira guerreira e mereceu toda felicidade do mundo!!
Mas me alegrou ver que mesmo com as dificuldades, Stephen mantinha o bom humor e Jane o amava de verdade.
Eu me emocionei bastante, porém, também ri! Muitas coisas acontecem, há várias reviravoltas..umas para melhor e outras para pior (dependendo do ponto de vista do espectador).
O legal é que Jane estudou artes e línguas (poesia espanhola, em particular), mas mesmo assim adorava conhecer mais sobre Física (me identifiquei com isso, pois faço Letras, mas AMO estudar Física teórica - sobretudo mecânica quântica). 
Esse filme tocou minha alma e me inspirou em demasia, tanto no que diz respeito à motivação de continuar a viver minha vida, por mais difícil que ela seja e por mais que eu esteja desanimada; quanto ao meu desejo de estudar Física. Sem dúvida, Stephen Hawking é uma das minhas grandes inspirações de vida (e agora, Jane também)! O filme foi para a minha lista de favoritos! Recomendo a todos!

Trailer:




Deixo aqui uma das frases que ficaram gravadas em mim:


E algumas outras cenas de que gostei:



P.S: Ontem li o livro "O Universo Numa Casca de Noz", de autoria do Stephen... e gostei bastante, me fez pensar sobre várias coisas a respeito do universo e do tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário