Quanto tempo se passou...!

Hi, my lovely readers! Minha nossa, quanto tempo eu não escrevo aqui!! Tinha planejado escrever sobre como está a minha vida depois de tanto tempo sem escrever sobre ela! Será que ainda existe algum leitor que me acompanha? Que está curioso para saber o que aconteceu comigo?
Vamos supor que sim!

Bom, comecei a escrever neste blog em 2011, quando estava estudando para o vestibular (Letras - Unicamp). Como vocês sabem, eu passei em 2011 mesmo. Pois é, e no ano passado eu me formei, tornei-me licenciada em Letras! Depois de longos 5 anos de muita luta, consegui o meu diploma... e muito mais do que isso, consegui me tornar quem sou e ter pessoas tão especiais na minha vida. A colação de grau foi emocionante! E como eu sempre sonhara (culpa dos filmes norte-americanos), fui oradora da minha turma! Fiquei tão feliz de saber que o pessoal gostou do discurso que redigi e proferi!
Neste ano, ingressei no mestrado em Linguística Aplicada, na Unicamp mesmo. Não vou mentir não, foi um ano árduo. Eu entrei direto da graduação na qual me esforcei muuuuuuito e por isso já estava bem cansada de tanta leitura e escrita. Porém, fiz disciplinas maravilhosas na pós, participei de eventos como pesquisadora (na Unicamp e na UFMG), cresci academicamente e conheci um mundo adulto, com amigos orientandos que me ajudaram muito. Hoje, sou revisora para uma escola e gosto muito disso. Estou indo para o segundo e último ano do mestrado com um baita frio na barriga, mas com uma vontade enorme de fazer o melhor que eu puder.

Quanto a minha vida pessoal... só lamentos kkkkkkk
Brincadeira, gente. Eu vivenciei taantas coisas boas, tantas coisas inesperadas, histórias que eu pensara só existir em livros, conheci muita gente nova, criei laços, fortaleci outros. Passei momentos maravilhosos com pessoas amadas! Chorei muito... Tive meu coração partido e remendado. 
Fiquei com a autoestima lá embaixo, fiquei com a autoestima lá em cima. Eu fui de cristã a budista, de machista a feminista, de pessoa que detesta política a pessoa que ama política, de calminha a debatedora, de tímida a cara de pau, de receosa a corajosa, de submissa a rebelde, de insegura a confiante, de pessimista a good vibes, de manipulada a reflexiva. Fui de muitos extremos a outros, minha noooossa.
Tive relacionamentos abusivos (um rolo e uma amizade), consegui superá-los. Descobri mais de mim e do que eu queria. Fui trouxa, acordei pra vida. Se eu fosse escrever cada uma das reviravoltas dessa minha vida, vocês não iriam acreditar, diriam que é ficção.

Aos poucos, vou contando alguns desses episódios.
 
Por ora, basta saber que estou bem! Que nunca estive tão melhor! Que aquela pessoa tristonha e insegura de alguns posts atrás se modificou bastante.

Espero que eu possa compartilhar muito mais coisas com vocês. Obrigada por (ainda) estarem aqui! ❤❤❤❤❤❤❤

O prédio que desabou - Tiemi Yamasaki

Tom em "500 dias com ela"


As minhas palavras já não dizem
o mesmo de antes
O amor que delas transbordava 
se transformou em qualquer coisa
que eu não consigo colocar em palavras
É incrível como, de repente, a vida toda pode mudar
É engraçado como uma mudança de perspectiva
transforma todo o seu mundo
A vida é uma constante interpretação
Viver é interpretar
Um prédio que eu tanto gostava 
d
e
s
a
b
o
u
Foi demolido. Assim, bem de súbito
Estava lá, acolhedor e esplendoroso
Eu adorava olhar para ele
Isso trazia uma alegria boba ao meu coração
Até que alguém decidiu que o edifício 
precisava ser demolido
E não pude fazer nada, a não ser assistir
a demolição
Senti falta. Aquele espaço já não é o mesmo
Mas, depois de algum tempo, eu percebi
Nada foi destruído
Apenas se transformou
O prédio, de alguma forma, sempre vai existir em mim
E eu sempre vou lembrar dele como
algo bom
Ele precisava sair dali, da minha vista.
Já fizera sua parte.
Só assim eu pude enxergar
as flores e as borboletas da rua de trás.
E as nuvens bem branquinhas
preenchendo aquele céu-imensidão. 

TAG - 100 perguntas sobre animes

Hi my lovely readers! Como estão?

Hoje vim responder uma TAG sobre animes!!! Yuuuup! 
A TAG se chama: 100 perguntas sobre anime e foi criada pelo blog Forever Sapo. Ninguém me passou a TAG hahaa, eu a encontrei e resolvi fazer porque achei bem legal!

Regras:
Dar créditos pela criação da tag ao blog Forever Sapo
Dizer quem lhe passou a tag
Tentar dar apenas uma resposta a cada pergunta, a não ser que esta peça o contrário, e de preferência de forma curta.
Repassar a pelo menos 3 blogs 

Obs: tenho a sensação de que em alguns meses essas escolhas mudarão!

Qual o seu anime favorito? Shoujo: Ao Haru Ride / Shounen: Ao No Exorcist
Que anime você mais detesta? Não detesto nenhum que vi até agora *O*
Que anime você ainda não viu por preconceito? High School DXD (mas pretendo assistir)
Que anime você adiou por preconceito, mas depois de ver, gostou? Death Note, eu achava que era modinha, mas ameeeei depois de conhecer!
Que anime você esperava gostar, mas te deixou decepcionada? Fairy Tail. Eu achei legal, mas não conseguiu prender a minha atenção.
Que anime fica a perder fãs pelo visual/traços? Serial Experiments in Lain (o enredo é fantástico, mas o visual incomoda bastante - pelo menos a mim)
Que anime quer e prometeu ver, mas nunca mais o fez? Bleach e uma listona de outros animes.
Que mangá merecia urgentemente uma adaptação? Heroine Shikkaku.
Qual foi a pior adaptação? Gostei de todas as adaptações para anime que vi.
Que anime merecia uma continuação? Toradora!
Que anime lembra a sua adolescência? Kimi Ni Todoke 
Que anime prefere assistir sozinho? Ano Hana (não quero ninguém me vendo chorar haha)
Que anime prefere assistir acompanhado? Naruto!
Qual o seu anime mais assistido? Toradora (duas vezes)
Qual foi o primeiro anime que viu? Pokemon (lá em terras nipônicas)
Qual o anime com melhores ovas? Ao Haru Ride
Que anime você considera que perdeu qualidade com o avançar dos eps? Sword Art Online.
Que anime lhe passou mais lições de vida? Shigatsu Wa Kimi No Uso
Qual é o melhor anime baseado em jogos? Pokemon, com certeza!
Que anime lhe fez mais chorar? Shigatsu Wa Kimi No Uso e mais um monte de outros animes haha. Sim, sou sensível demais.
Qual o anime mais agradável e divertido de assistir? Ao No Exorcist s2
Qual o anime com melhor final? Kokoro Connect
Qual o anime com pior final? Lost Canvas (Amo esse anime, mas o final ficou tão... vago)
Qual foi o menor anime que já viu? Sugar Soldier (3 epis)
Qual foi o maior anime que já viu? Completo foi Card Captor Sakura
Que anime merece um live action? Toradora (sim, eu sou apaixonada por esse anime)
Qual é a sua personagem favorita? Maka Albarn (Soul Eater)
Com qual personagem de anime você gostaria de ser parecido? Física ou psicologicamente? A diva Misaki de Kaichou wa Maid-Sama
Que personagem você considera mais ridícula? Misa de Death Note. É a personagem mais irritante que conheço.
Qual é o melhor vilão? Não sou fã de vilões, mas acho que eu daria esse prêmio ao Alone de Lost Canvas. 
Qual é o melhor anti-herói? Kira, de Death Note
Qual o pior protagonista? Kirito de SAO, acho que ele é muito convencido.
Que personagem você mais detesta? Como já citei a Misa, mencionarei outro personagem: Medusa de Soul Eater
Qual é o seu deus de anime favorito? Nanami de Kamisama Hajimemashita
Qual o seu demônio de anime favorito? Tomoe, também de Kamisama
Qual é a personagem mais bonita? Uma feminina e outra masculina: Sawako e Kazehaya de Kimi ni Todoke
Qual o melhor shinigami? O Shinigami de Soul Eater haha engraçado demais.
Qual o maior gênio? L, de Death Note.
Qual a personagem com mais estilo? Sakura Kinomoto (graças a sua estilista exclusiva Tomoyo-chan...!)
Qual o seu ninja favorito? Naruto.
Qual a personagem mais engraçada? Black Star, de Soul Eater!
Qual é a personagem mais fofinha? Taiga, de Toradora!
Qual é a personagem mais irritante? Misa, mil vezes Misa de Death Note.
Qual é a personagem mais bondosa? Sawako, de Kimi ni Todoke!
Qual é a personagem mais idiota? Excalibur, de Soul Eater kkk
Qual é a melhor personagem tsundere? Taiga, de Toradora!! SIM!
Qual é a personagem mais determinada? Futaba, de Ao Haru Ride (ela se esforça muito para atingir seus objetivos).
Qual a personagem mais exagerada? Eu kkkk zoeira. Minorin. de Toradora.
Qual a personagem com manias mais estranhas? L, de Death Note.
Considera que há personagens inúteis? Sinceramente? Acho que sim. 
Qual foi a primeira aparição (de alguma personagem) mais épica? Rin (quando entra na igreja), no primeiro episódio de Ao No Exorcist.
Qual foi a despedida mais triste? A despedida da Kaori em Shigatsu wa Kimi no Uso T~T!
Que ship devia ser mais trabalhado? Taiga e Ryuuji. Queria saber o que houve depois!
Qual é o seu ship favorito? Para não repetir Taiga e Ryuuji, vou colocar Futaba e Kou de Ao Haru Ride!
Quais os melhores irmãos num anime? Rin e Yukio Okumura (menção honrosa para Edward e Alphonse)
Quais são os seus nakamas (companheiros) favoritos? Kero-chan de Card Captor Sakura e Hawk de Nanatsu no Taizai (o mais sensato do anime kkk)
Qual o romance mais realista? Ryuuji e Taiga! A relação deles foi construída pouco a pouco e, antes de qualquer coisa, eles se tornaram melhores amigos.
Qual o romance mais absurdo? O de Ookami Shoujo to Kuro Ouji.
Qual a melhor rivalidade? Goku e Vegeta!
Que personagens deviam ter ficado juntas? Athena e Alone, de Lost Canvas (loucuura, eu sei!).
Que personagens não deviam ter ficado juntas? Ah, gostei de todos os casais.
Qual é o seu uniforme escolar favorito? Zero no Tsukaima (capas)
Qual o seu poder favorito? Cartas Sakura + báculo.
Qual o anime da sua infância? Doraemon!
Qual é o melhor animal de estimação? Kero-chan de Sakura.
Qual é o seu pokémon favorito? Pikachu.
Que história (jogo, filme, série ou livro) gostaria de ver adaptado para anime? Harry Potter!
Qual é o seu fanart de anime favorito? Essa de Card Captor Sakura!!



Qual é a sua opening favorita? A primeira opening de Ao No Exorcist, a de Another etc.
Que opening mais detesta? Não detesto nenhuma.
Qual a sua ending favorita? A segunda de Shigatsu wa Kimi no Uso. Lágrimas apenas.
Qual a sua ending mais detestada? Não detesto nenhuma!
Qual considera ser a melhor soundtrack? Naruto!
Gosta de fillers? Depende de como ele é desenvolvido.
Gosta de cosplay? Muito!
Que cosplay gostaria de fazer? Taiga, Maka, Misaki (com roupa de maid).
Se pudesse comprar um nendoroid/figma, de que personagem seria? Taiga!
Se os mangás se vissem ameaçados e você só pudesse salvar um, qual salvaria? Nossa, que pergunta difícil!!! Primeiro volume de Ao Haru Ride!
Se pudesse viver num mundo de anime, em qual seria? Soul Eater!
Gosta de yaoi e/ou yuri? Não, porque nunca assisti haha! Mas tenho curiosidade.
Diga uma curiosidade de anime que você tenha descoberto e que a tenha deixado abismada: A protagonista de Shigatsu Wa Kimi no Uso aparece lendo um livro (e cita uma frase dele) que tem enredo parecido com o do anime.
Que gênero de anime lhe agrada mais? Shoujo ou shounen!
Que gênero de anime não suporta? Ecchi sem história! O hentai até dá para entender quando não tem história (você não espera nada dele), ele é feito com um propósito.. e também não gosto. Porém, acho ainda pior um ecchi que parece hentai, desprovido de história.
Sabe desenhar em estilo anime? Sim!
Costuma ler fanfics? Eu costumava ler quando era mais nova, hoje em dia não tenho mais paciência.
Qual a sua transformação de anime favorita? Yukio em Ao No Exorcist!
Que objeto de anime gostaria de ter? O báculo da Sakura!
Qual a sua arma favorita? Death Note muahahahahah. Zoeira, a foice da Maka (que, na verdade, é o Soul)!
Gosta de doujinchis? Não sabia o que era haha! Lerei algum!
Qual o seu mangaka (artista de mangá) favorito? Io Sakisaka, fooofaaa! Melhor mangaka!!
Qual foi a morte mais assustadora? A do professor na sala de aula em Another!
Qual a melhor citação de anime? De Kokoro Connect:



Gosta de harém? Não costumo gostar!
Escreveria algum nome no Death Note, se pudesse? Vários! Zoeira, não escreveria nenhum.
Já converteu alguém em otaku? Minha irmã está quse sendo convertida.
Há quantos anos começou a ser verdadeiramente otaku? Cerca de 5 anos.
O que é melhor, anime ou mangá? Acho que cada um tem seu encanto! O mangá tem mais detalhes, a história é melhor desenvolvida... mas o anime te faz sentir a história de forma mais "viva" eu acho.
Qual é a melhor organização em algum anime? Death Note!
Qual é o melhor dublador? Não tenho um favorito, mas vou mencionar essa daqui ó:



Qual é a característica que mais valoriza num anime? A história, os personagens e a arte.

Não vou indicar 3 blogs, porque não tenho muitos amigos otakus blogueiros! Sintam-se a vontade para responder!

Eles me disseram - Tiemi Yamasaki


Filme: Pequena Miss Sunshine (super recomendo)



Sugestão de música para leitura:





Eles me disseram que eu não conseguiria
Eles me desencorajaram
Atiraram pedras em meu caminho
Eles fizeram com que eu sentisse que o universo 
estava contra mim
Eles fizeram eu me sentir como se fosse uma aberração
Eles me fizeram ficar escondida no banheiro da escola
no ensino fundamental
Eles me fizeram aceitar menos
Porque eu não merecia o melhor
Eles me fizeram pensar que eu não seria feliz
sem me encaixar
sem me tornar uma peça do quebra-cabeça perfeito
Eles me fizeram esconder tudo o que eu sentia
Eles impuseram o modo como a minha existência se 
daria
Eles me fizeram gastar todas as minhas energias
indo pelo caminho que não me levaria a lugar nenhum
Eles foram o motivo da minha fuga no meio da noite
para um lugar qualquer no qual eu pudesse chorar
Eles me fizeram pensar que eu jamais abriria 
a porta
Eles me fizeram pensar que se eu não fosse perfeita
ficaria para trás
seria a segunda opção
Rejeitada
Estepe
subestimada
Eles estavam errados
Eu consegui
Eu abri a porta
E o que eu encontrei atrás dela? 
A minha grandeza
Eu descobri que tinha tudo o que precisava ali comigo
Eu descobri quem era eu.
- Tiemi Yamasaki

Bônus:

Tudo bem ser magra, tudo bem ser gorda... Se é o que você quer ser. Seja lá o que você queira, tudo bem!

Stranger Things

Hi my lovely readers! Todos estavam falando sobre a série da Netflix Stranger Things (ST). Fiquei espantada diante do fenômeno... Mas demorei para dar uma chance! Sou bem devagar com séries, a não ser que ela seja muito boa e consiga me prender (The Vampire Diaries e Gossip Girl - até certa temporada e Jessica Jones, por exemplo). Sofro de uma ansiedade absurda hahah preciso saber que há um fim não muito distante, por isso não costumo assistir série (nem animes longos). Já que muitos amigos de ótimo gosto falaram bem de ST, resolvi assistir.... e NOSSA, eu devia ter feito isso muito antes!!!! Que série maravilhosa! Terminei a primeira temporada (que é curta, apenas 8 episódios) em duas noites. Não conseguia desgrudar os olhos da tela, só não terminei tudo em uma noite só, porque precisava dormir. E hoje vim contar porque essa série me conquistou!
Sinopse
Depois de uma partida de Dungeons & Dragons entre amigos, Will Byers é perseguido por uma espécie de monstro enquanto volta para casa. Will desaparece sem deixar vestígios e cabe a sua mãe, Joyce Byers; seu irmão, Jonathan Byers; o policial, Jim Hopper e seus amigos, Mike Wheeler, Dustin Henderson e Lucas Sinclair descobrir o que aconteceu. Enquanto procuram por Will, o trio de amigos conhece a misteriosa garota de cabelo raspado Eleven (Onze) que pode ajudar a encontrá-lo. Junte isso tudo a um misterioso laboratório, suspense e terror. Cada novo episódio proporciona novas descobertas e sustos.
Fonte: Garotas Geek


O enredo
Eu comecei a assistir sem nem mesmo ler a sinopse e achei a experiência muito boa, porque tudo foi surpresa pra mim. Só sabia que havia um grupo de crianças que eram muito amigas, uma menina poderosíssima e luzes aterrorizantes. Mas me surpreendi ao ver como havia muito mais do que isso. A história da série é muito bem construída e envolve elementos que me atraem bastante. O grande mistério que surge desde o primeiro episódio, te faz ansiar desesperadamente pelos próximos episódios. É preciso saber o que acontece! O que ocorreu com Will? Que espécie de monstro era aquele que o capturou? O que há no laboratório que aparece na primeira cena? O terror, o suspense, a aventura, as emoções, os elementos de ficção científica... são muito bem colocados! Você acaba se tornando um investigador, coletando pista por pista em cada episódio e observando como tudo está interligado. Mesmo assim, o final é surpreendente! Aliás, os episódios são bem gostosos de ver... você nem percebe os 40 e poucos minutos passando...

As personagens
ST está recheada por ótimas personagens! Eu gostei de todas! Mas as melhores, na minha opinião, com certeza foram as crianças. Will, Mike, Dustin, Lucas e a maravilhosa Eleven arrasam em cada uma das cenas. Jonathan, o irmão observador e quietinho do Will, conquistou meu coração kkkkkk A Barb... gostei tanto dela, mas acho que deveria ter sido melhor explorada. É bacana acompanhar o desenvolvimento da Nancy e sua crise de identidade, a menina toda certinha que acaba saindo dos trilhos. No começo da série, achei que não ia gostar do chefe de polícia Hooper, mas me encantei. Ele é realmente corajoso e vida loka. Joyce, a mãe de Will (interpretada pela maravilhosa Winona Rider), tem um lugar especial no meu coração... eita personagem determinada!! Ela não está nem aí se o povo acha que ela é doida, persiste e insiste naquilo que acredita, sem desistir (aposto que é taurina). Até do Steve eu gostei um pouco, embora não tenha gostado do final dele. Menção honrosa para o sorriso banguela do Dustin que me matou de tanta fofuura! 

Eleven é a minha favorita! Fight Like a Girl!



Referências à cultura pop dos anos 80
Gente, as crianças jogam RPG... amam Star Wars, X-Men, O Hobbit...! Há também referências a rocks maravilhosos como David Bowie e Joy Division, mas preciso citar especialmente Should I Stay or Should I go (The Clash)! Sem contar referências na estrutura e no enredo da série:


Há também outras referências nest post aqui

Temas 
De mundos paralelos, ciência, vida na cidade pequena... até amizade e amor. A série explora muito bem todas essas questões. O ponto alto, na minha opinião, é a questão da amizade. As crianças nos mostram o que é realmente ser amigo de alguém! Joyce e Jonathan nos fazem perceber o quanto a família é importante, o quanto esses laços são fundamentais para nossas vidas. Nancy e toda a sua crise de identidade fará você se identificar, até que ponto queremos mesmo fazer algo? Até que ponto estamos apenas sendo influenciados pela modinha? Eleven é a maior representação da força,  ela consegue enfrentar seus traumas, encarar a si mesma... descobrir que sua vida não se limita ao que ocorreu no passado. O mais legal é que tudo isso é trabalhado de uma forma bem gostosa, há momentos de emoção, de risadas, de amorzinho, de tensão...



O visual
A paleta de cores da série é muito bonita, toda em tons escuros... As luzes que tem papel fundamental na série.. dão um efeito muito bacana! O verde, o azul, o vermelho.. Gostei bastante também do cenário, das vestes, das casas dos anos 80... 

Eu poderia ficar falando mais um monte de coisas sobre Stranger Things, mas acabaria dando muito spoiler! Assista!! Os irmãos Matt e Ross Duffer acertaram em cheio ao criar essa maravilha!

Vejam o trailer:



Agora, preciso deixar aqui o vídeo da Netflix estrelado pela Xuxa kkkkkk ficou muito bom!!


Para não perder o costume, aqui vão algumas quotes:







E aqui está a minha mensagem direto de Upside Down para vocês kkkkkkk:

Vocês podem fazer um gif desses aqui: https://strangergif.com/

CUIDADO COM AS LUZES!

Termino esse post com o sorriso lindo do Dustin:



XoXo,
Tiemi

Anime* Ao No Exorcist

Hi my lovely readers!

Dia desses, (in)felizmente terminei de assistir Ao No Exorcist! Chorei horrores e senti uma alegria tão grande no meu peito com o final. Tive grande anseio de fazer um post sobre esse anime, pois... tchananaaaam este se tornou o meu shounen favorito! Sim, desbancou Soul Eater T~T (ainda amo você, Soul!)! Por quê? É isso que você descobrirá no post!

Vamos à sinopse:

O mundo em Ao no Exorcist consiste em duas dimensões, adjuntas uma a outra como um espelho e seu reflexo. Uma é o mundo onde os humanos vivem, Assiah. A outra é mundo dos demônios, Gehenna. Originalmente, uma viagem entre os mundos, ou mesmo um contato entre eles, é impossível. Entretanto, qualquer demônio é capaz de passar à dimensão de Assiah atráves da possessão de um ser vivente na mesma.
Mesmo assim na história existem demônios vagando entre os humanos e só quem pode ver é quem já teve um contato direto com um demônio de qualquer nível.
Em contrapartida, existem aqueles chamados de exorcistas, pessoas que treinam para destruir demônios que agem de maneira prejudicial em Assiah. Com mais de dois mil anos de existência, esse grupo possui diversas filiais em todo o mundo, estando secretamente sob comando do próprio Vaticano e agindo de maneira subterfugiosa às massas.
Satã é o deus dos demônios em Gehenna e um ser de poder ilimitado. Há, contudo, uma única coisa que ele não possui: um corpo no mundo dos humanos capaz de abrigá-lo. Por esse motivo, ele criou Rin, seu filho gerado por uma humana. Rin tem um um irmão gêmeo, Yukio é muito inteligente e a principio acredita-se que ele não tem nenhum poder demoníaco o que muda mais tarde, e ele desde pequeno sempre soube sobre os demônios diferente de Rin, e prometeu proteger o ani acima de tudo e por isso se torna exorcista com apenas 15 anos. Mas não está nos planos de Rin ser manipulado por seu pai. Ele é um jovem rapaz humano que leva uma vida normal em Assiah, até o dia em que descobre ser um híbrido meio humano meio demônio, filho de Satã. Agora, no intuito de se vingar, ele planeja torna-se um exorcista a fim de destruir seu próprio pai, Satã.
Fonte: Blue Exorcist Wikia 

Há séculos que eu desejava ver esse anime, mas foi só nesse mês que eu comecei. Uma amiga colocou o primeiro epi na Netflix e, desde então, eu não parei mais! É difícil um anime me prender a ponto de eu assistir mais de 5 episódios em um dia... mas Ao conquistou tal feito. Logo no início, já acontece algo bem chocante, a morte de um ente querido dos irmãos Okumura. Rin descobre ser filho de Satã e conhece os seus poderes. Com a vingança em mente, Rin vai para a Academia Vera Cruz para se tornar um exorcista. Lá, ele descobre coisas sobre seu irmão Yukio e conhece pessoas, demônios e criaturas muito interessantes! O enredo da história é maravilhoso! Cada uma das aventuras vividas por Rin e todo o pessoal te deixa com vontade de assistir mais e mais!!



Agora, vamos aos meus comentários mais específicos acerca do anime!

Wish Upon A Star

Hi my lovely readers! Fiz um poeminha em inglês! :)






Sugestão de música:



One day I made a wish upon a star
I asked for softness because of my intense heart
The moment when I closed my window and took a deep breath
I felt myself so sad
I thought that the universe was conspiring against me
But then something held my attention. I was so deep.
There were photos on the bed
Each photograph made me laugh
My friends were smiling by my side. 
That was the moment that I realized 
How lucky I was
My intense heart became so calm as that magic stars

- Tiemi Yamasaki

Corte - Tiemi Yamasaki




Obs: Essa poesia foi feita para uma amiga muito querida e postada originalmente no meu outro blog "1 página de cada vez".


Mais um dia.
Ela levanta e vai (sobre)viver.
Se alimenta de dor
ela se delicia com o banquete de dor
Não está certo ficar bem, pensa 
por que não, flor?
Da flor aprecia o doce aroma
mas prefere passar seus dedos nos espinhos
seu coração sangra 
e ela quer ver aquele sangue simbolizado, materializado
Ela não quer ficar mal
Ela quer ser 
Ela quer ser o que é
Mas o que é a deixa mal por estar mal por não estar mal
paradoxo
por que eu me sinto assim? ralha consigo mesma
oh menina não faça tantas perguntas
ela não gosta do que é
não gostou de ser melancolia, até mesmo enquanto ria
não gostou da pontada-facada de tristeza corroendo seu peito
suas entranhas
aquele pensamento devastador, aquela vontade de se ferir
ela não gosta de ter que estar mal
eu mesma a mim sou fatal, conclui
mas é essa rejeição contra si que envenena sua alma
calma
c
  a
     l
       m
           a
n
  a

a
  l
    m
        a
Tudo voa na sua mente em rebelião
há gritos dentro de seu coração
gritos abafados, gritos silenciosos
 S O L T E A S U A                               V             o z
ouça a sua agonia
respire
(pre)encha o seu vazio com 500 ml de si mesma
com amor, amor por si
cuida de ti, menina
quando sentires vontade de se ferir
cuida de ti
abrace-se 
faça carinho em si
beije a ponta do seu dedo
e diga bem alto
VOU CUIDAR DE MIM
você mesma se fere
para o OUTRO não te ferir
deixa menina
a relação fluir
cuida de si
Não tem porque sempre estar mal
qual o sentido afinal?
apenas viva cada emoção
felicidade e dor vêm em erupção
ao invés de passar o estilete em sua pele-papel
passe a caneta ou o pincel
numa folha em branco
fira a folha
como se ferisse a si mesma
e agora
PARE.
sinta como é machucar você mesma através dessa folha
continua sendo prazeroso?
Ela olha, observa, sente
é isso o que eu faço com a minha mente? 
É isso o que eu faço com a minha pele-armadura?
ama ama e tira a atadura
percebes agora o que tem feito a ti?
não se sinta culpada por estar feliz
a felicidade brota do coração por algum motivo, razão
por trabalho árduo, por espontaneidade, por pressentimento
deixe ela te acompanhar até o momento
momento natural de transição da alegria para a melancolia
não provoque a dor antes do tempo
senão vai bagunçar tudo, todo o firmamento
você tem DIREITO de se sentir bem
DECRETO Nº 7: todos tem o direito de se sentir bem  12 horas por dia, no mínimo
Menina moça mulher
pegue o estilete e mate
mate o seu antigo eu
tome as rédeas
diga o adeus
faça renascer uma nova pessoa
viver para sempre de dor não te levará a lugar algum
enjoa, perturba, mas a alma perdoa
só você pode por fim nessa patifaria
há uma versão de si chamada alegria
quando sentir vontade de se ferir, 
SORRIA
- Tiemi Yamasaki

Na morada


Sugestão de música para o texto:







Ás vezes, você sabe a verdade
aquela que, bem no fundo do seu coração, grita
aquele sentimento que transborda através dos seus atos
mas que você insiste em calar com a razão
mas nem mesmo a razão você consegue explicar
A falta de palavras diz muita coisa
Você consegue ouvir o silêncio?
É um silêncio gritante
Você não se move
Por que suas pernas não vão de encontro ao que você quer?
Por que você não se deixa levar?
Por que não se permite?
Você tem medo
Sente medo de abrir seu coração por completo
medo de ficar exposto
medo de amar
medo de ser amado
porque você conhece os danos que um amor pode causar
Aquela última vez te deixou devastado, não é mesmo?
Como uma criança que enfia o dedo na tomada
e toma um choque
você tem medo de dizer "sim" novamente para os seus sentimentos
Como poderia amar se sente tanto medo de cair?
Como ser corajoso?
Mas você a vê ali sentada sozinha olhando para o nada
e sabe que ela está enxergando tudo, todas as estrelas
mais brilhantes
Não as do céu
Mas as de dentro do peito
Você a vê e seus muros desabam
suas dúvidas, apenas por um momento, se dissolvem 
naquele sorriso
E você sente vontade de permanecer ao lado dela
para sempre
e mais um dia
porque aquilo tudo parece tão certo
todos os planetas alinhados
todos os obstáculos ultrapassados
todo o céu abraçando você e ela
Não há complicações
Não há dor
trauma
Não há inferno algum que perturbe
aquele momento
Você sabe que está remando contra a maré
e o medo de se afogar tenta te fazer recuar
mas toda a força necessária para 
ir contra todos os "nãos"
vem daquele olhar tão cheio de ternura
que te traz a certeza de que está no lugar certo, na hora certa
e muito mais do que isso
o som do riso dela faz você se sentir feliz
apenas por ser você mesmo
Não há pressa
Não há necessidade de estabelecer coisa alguma
Não é preciso que ninguém saiba
Não é necessário que haja uma definição
porque tudo isso escapa 
tudo isso é mais do que o clichê
do que o comum
Seu coração desabrigado
encontrou um lar
Não tenha medo
e se deixe ena(morar).

- Tiemi Yamasaki

Tempo - Tiemi Yamasaki



Tempo


Trilha sonora: Time Afer Time- música original cantada por Cyndi Lauper




If you're lost you can look
And you will find me, time after time ♪


A vida tem seus altos e baixos
encontros e desencontros
dias de luta, dias de glória (já dizia Chorão)
Nós estamos imersos nessa máquina-mundo
que está sempre dizendo:" prossiga, prossiga, seja bom 
em tudo."
O tempo corre, não espera por ninguém.
Mas, meu amor, nós temos nosso próprio tempo (já dizia Renato Russo)
Desesperada em meio a prazos e pressões, ouço sua voz e o tempo para.
Tempo fluido
Se quero encontrar a eternidade, basta lembrar daquela noite
estrelada
Que não era a da pintura de Van Gogh, mas tão bonita quanto
Se quero acelerar o tempo, é só eu lembrar da saudade. 
Vou para o futuro em um piscar de olhos, pois é lá que está o 
reencontro.
Ansiosa do jeito que sou, estou sempre pensando nas coisas
que preciso fazer.
Nas coisas que anseio, no futuro pré-construído
O relógio do mundo faz com que eu acelere meus passos
saia correndo, sem perceber, sem parar para admirar
toda a beleza do caminho
Eles dizem que eu preciso acertar minha vida logo
Que não há tempo
Como o coelho apressado de Alice, eles dizem que 
estou atrasada
Como viver no presente?
Então, olho para você e o tempo para.
O presente se faz presente.
Não anseio voltar ou acelerar em nenhum momento.
Eu desasossegada, torno-me calmaria.
Ás vezes, a gente precisa de alguém que diga ou, melhor ainda, mostre que "está aqui"
porque sozinhos não conseguimos diminuir a velocidade
desse trem desgovernado chamado "vida"
Você se faz presente, nos dois sentidos da palavra.
E entendo que o tempo não é um vilão
ele nos oferece uma chance a cada segundo
Não sinto vontade de acelerar ou voltar no caos temporal
Porque vejo a eternidade inteira naqueles dois minutos
em que você sorri.

- Tiemi Yamasaki

Inspirações: o filme Alice através do espelho, o livro Apenas Um Dia e a minha vida!

Letters* Saudade


Trilha sonora: Quando bate aquela saudade - Rubel



Saudade

"Não importa o que aconteça amanhã, nós tivemos o hoje"



A minha saudade tem nome, endereço e olhos castanhos
A minha saudade faz meu coração estremecer
tristeza e alegria simultaneamente
tristeza por querer aquela presença materializada e não poder tê-la
alegria por saber que pude construir memórias tão bonitas
através de formas tão improváveis
Eu que sempre acreditara que coisas bobas
que poderiam muito bem acontecer
não aconteceriam de forma alguma
Vi uma coisa marcada por impossibilidades do começo ao fim
acontecer
A minha saudade também é pelas lembranças que nunca vivi
mas existem ali tão vívidas na minha imaginação
A minha saudade é composta por aquilo que é real e pelo que inventei
Eu sinto falta dos abraços que não pude dar
das canções que não tivemos tempo de cantar
das estrelas que esquecemos de observar
Saudade das coisas ditas e não-ditas
e daquelas que foram ditas sem que precisássemos dizer uma só palavra
Minha saudade é desse meu eu mesclado com o seu
Mas que saudade paradoxal
pois mesmo ausente, você está presente em mim

- Tiemi Yamasaki

Letters* Era ela



Trilha sonora: Let her Go - Passenger


Era ela



Eu gostaria de ter percebido antes
Que era ela quem despertava o melhor de mim
Que era o sorriso dela que me desmontava inteiro
Era ela quem tinha me ajudado a descobrir uma parte de mim que há muito havia adormecido
Era ela quem me fizera enxergar as possibilidades
Era ela que gargalhava com vontade
Era ela quem escrevia poemas pra mim 
Era ela aquela que mais me amava
Mas não pude enxergar
Não pude ver além das aparências 
Ela me deu um "olá" e tudo o que lhe dei foi um "adeus"
Mas eu não sabia que naquele mês de Outubro eu já lhe amava 
Era ela a dona da minha saudade
O eu-lírico do meu poema
Era ela quem atravessara barreiras para chegar até mim
Era ela que era por mim até o fim
Mas não pude perceber ou me recusei a aceitar
Busquei em outros olhos seu olhar
Seu sorriso em outros lábios 
Seu tom de voz em outras bocas
Seu jeito tão singular de ser louca
Busquei ela em todas aquelas que encontrei depois
Busquei para descobrir que quem eu procurava era ela. Busquei para saber que o que eu tanto buscava estivera ali tão perto de mim.
Mas eu a deixei ir
Não fui capaz de enxergar, não consegui perceber
então era ela quem, agora, eu via me esquecer.

- Tiemi Yamasaki

Par(ti)r - Tiemi Yamasaki








Par(ti)r - Tiemi Yamasaki

Demorou para que eu me desse conta
Teimosa do jeito que sou, insisti (ainda que secretamente) até que se esgotassem todas as fontes de (ir)racionalidade que ainda faziam parte de mim
Num ato de r(existência), pus-me a travar uma luta contra todos os "nãos" e todas as provas concretas que ameaçavam o meu tão frágil coração 
Mas no fundo eu sabia 
Das minhas tentativas vazias, nada surgiria 
E no fim é só mais uma vez
Mais uma vez 
Eu repito para mim mesma
É só mais uma vez
Reúno em mim todas as forças 
E sei que estou bem
É só mais uma vez
No fim, eu sempre tenho a mim
Todas as outras vezes me fizeram ter esse encontro
Entre eu e eu mesma 
E eu tenho certeza que vou ficar bem
Porque todas as vezes em que a frustração se pôs em meu caminho
Descobri um jeito de recomeçar 
Descobri que havia um novo caminho para trilhar
Como uma estrela
Brilhante, distante e solitária 
É assim que eu sou
É tempo de pegar as malas e partir
Talvez quando chegar, você não me encontre mais aqui
Todo mundo, no fundo, sabe quando é hora de parar... de deixar o vento levar
Mesmo eu que sou taurina e teimosa 
É só mais uma vez
O medo e as cicatrizes me ajudam a lembrar onde não devo pisar
Onde não é bom eu me aprofundar 
Talvez seja tempo de abandonar a dúvida
e abrir as portas para a certeza.

Mecânica

Mecânica



Eu caminho por entre aquelas ruas que conheço tão bem
Mas, em minha cabeça, meus pensamentos se perdem por lugares
que eu nem conheço
Meu caminhar mecânico me leva até o local de sempre
Eu sento no banco para esperar o ônibus
Percebo o mundo à minha volta
Os carros passando, o vento soprando
Mas nada importa
Estou absorta em meus pensamentos
Quando foi que tudo começou a ser tão mecânico?
Espero o ônibus
Ele não chega.
Passa o ônibus de todo mundo, menos o meu
Eu vou ficando no ponto
Mas, puxa, eu viera até mais cedo para não perdê-lo
Não adiantou
Só me resta esperar
Torcer para ele aparecer
Como é que tudo ficou tão mecânico?
Eles me disseram que eu precisava fazer certas coisas para viver bem
Mas essas coisas vão mesmo de encontro com o que eu quero?
Acho que não
Eu sou outra
Não posso me proteger do que virá
Eu preciso vivenciar tudo
Se eu continuar me baseando na lógica mecanicista disso tudo
O meu destino é certo
O desastre previsto
"Moça morre baleada por seus sonhos frustrados" (de novo)
Se me basear na lógica 
na sucessão de fatos, no ambiente que me cerca, no passado surrado
Já sei como eu vou terminar
Já sei o lugar no qual vou chegar
Assim como sabia como chegaria neste ponto de ônibus
E esse meu ônibus não chega
Eu espero e estou bem cansada de esperar
Mas decido
Não quero mais mecanizar 
Não quero ser uma prova concreta do determinismo
Não quero ser vítima das fatalidades, mera consequência
Quero criar meus próprios caminhos
Nada pode me fixar
O ônibus chegou
Essa espera toda não foi tão ruim...
Nesse momento em que não pude fazer nada
Eu, enfim, pude fazer tudo.

- Tiemi Yamasaki

TAG* 20 músicas!

Hi, my lovely readers! Como estão? Espero que bem! Sim, eu sumo frequentemente... Desculpe, desculpe! Mas estou para fazer um super post sobre o destino desta que vos escreve (eu me formei!!). Enquanto isso, tenho escrito com frequência (semanalmente, para ser mais precisa) na minha Newsletter! Assine lá e receba "cartas" minhas haha!




Hoje, conheci a TAG das 20 músicas no blog So Contagious (que eu acompanho há muito tempo e super recomendo). A TAG original é em inglês, mas foi traduzida pela Karol Pinheiro.  Bom, dados os devidos créditos... vamos às respostas! Se você gostou do questionário, sinta-se à vontade para responder no seu blog/canal/instagram e não se esqueça de deixar o link nos comentários para que eu também possa conferir!
Voilá!

1. Música favorita
Eita, a primeira pergunta já é mega difícil! Bom, a cada fase da minha vida eu tenho uma música favorita diferente! Depois de refletir um pouco, cheguei à conclusão de que Ride (com o monólogo) da Lana Del Rey é a minha atual música favorita. Nós (sim, eu e a música) temos uma conexão difícil de explicar haha. Digamos que essa canção consegue expressar muitas das coisas que não sou capaz de dizer, mas sinto. Desde o primeiro momento em que a ouvi, eu disse a mim mesma: caramba, me encontrei nessa letra (não em tudo, obviamente kkk - pensemos nas metáforas e interpretações)!!!!!

I hear the birds on the summer breeze, I drive fast
I am alone in the night
Been trying hard not to get into trouble, but I
I've got a war in my mind
I just ride, I just ride



2. Música que mais odeia 
No momento é Baile de Favela! Eu até acho o ritmo legal e até a parte dos bailes de favela, ok. Mas tem um conteúdo machista que ó! Não aguento mais, essa é verdade (e minha irmã ouve essa coisa todos os dias)! A música da metralhadora também é outra que tem me irritado bastante Haha




3. Música que te deixa triste
What Hurts the Most! Essa música me deixa triste desde muuito tempo, por motivos de: fala sobre a dor de algo que poderia ter dado certo, mas não deu. Essa música me faz lembrar de toda minha impotência diante de algumas situações da vida e da dor que vem disso (você ter que se desfazer de sonhos, lembranças etc). E o clipe, gente? Minha nossa, acaba comigo. 

What hurts the most, was being so close
And having so much to say
And watching you walk away


4. Música que te lembra alguém
Dia Especial do Tiago Iorc!! Essa música é tão fofinha!! Ela sempre alegra meu dia. Eu começo a lembrar de todas as pessoas queridas da minha vida! É aquele tipo de canção que faz seu coração ficar quentinho!

Mas te vejo e sinto o brilho desse olhar
que me acalma e me trás força pra encarar
tudo


5. Música que te deixa feliz
All About Your Heart  da Mindy Gledhill!! Essa música é tão bonitinha também! Ela me faz voltar a acreditar no amor, nos bons sentimentos, na beleza dos pequenos detalhes. De repente, eu me sinto feliz só por ter a capacidade de amar! Fiquei tão inspirada que até fiz algumas ilustrações para trechos da música! Vejam só:







Eis a música:



6. Música que te lembra um momento específico
Não poderia deixar de mencionar Wonderwall por motivos de: foi graças a ela que comecei a conversar com uma pessoa maravilhosa que se tornou uma das melhores partes da minha vida (hey, se você estiver lendo, não seja convencido haha). Além disso, já gosto dessa música há bastante tempo!

And all the roads that lead you there were winding/And all the lights that light the way are blinding/ There are many things that I would like to say to you/ But I don't know how




7. Música que você sabe a letra inteira
Eu sei a letra inteira de quase todas as músicas que gosto, pois sou obcecada com letras haha! Mas vou mencionar uma em francês (eu não falo francês): Adieu de Coeur de Pirate. Adooro a letra e, principalmente, o clipe:

Mais dis-moi adieu demain/ Mais dis-moi adieu en chemin/ Va voir les autres, je n'en pense rien/ Je t'ai aimé mais je t'assure que c'est la fin