Letters* Verão


Verão
Por Tiemi Yamasaki



Sugestão de música para ouvir enquanto lê:




De repente, eu me dou conta de onde estou.
Sinto uma brisa refrescante fazer os meus cabelos dançarem.
Um dia quente no verão e seus olhos escuros olhando para o céu.
Você não repara, mas estou te observando
Absorta em meus pensamentos, mas os olhos focados em você
"Como eu vim parar aqui?" 
Meu coração dá um salto e sinto uma mistura caleidoscópica de sentimentos dentro de mim
"Era exatamente aqui que eu devia estar", eu penso
Lembro de uma frase de um dos meus filmes favoritos (Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças): "Eu poderia morrer agora, estou tão feliz. Nunca senti isso antes. Estou exatamente onde queria estar."
Agora te entendo, Joel. Pensei que nunca fosse te entender, mas agora... caramba, eu te entendo. 
Eu me sinto corajosa. Sinto que passei por grandes obstáculos na jornada nada linear da minha vida. 
Mas, no fim, todos os caminhos tortuosos me trouxeram aqui: para este momento. 
Eu, você, o sol, a brisa. 
Por algum estranho motivo, os planetas se alinharam a meu favor.
Nada de ruim que eu vivi me importa agora, pois estou extasiada com este momento.
Eu penso: "o tempo é fluido." 
O meu tempo corre, mas, simultaneamente, ele para.
E em três minutos eu consigo pensar em todas essas coisas. 
O tempo vai passar, eu sei. Mas posso eternizá-lo neste escrito. 
"Como eu vim parar aqui?"
Os eventos mais surreais me conduziram a esse "hoje".
E eu me sinto a garota mais sortuda do mundo.
Estive esperando a vida inteira (note a hipérbole) por esse "agora"
É melhor que todas as cenas de filmes e livros que conheço
Não por ter mais coisas e milhares de surpresas
Mas por ser simplesmente eu e você.
"Valeu a pena", eu penso.
Toda aquela sensação de vazio e de estar perdida desaparece do meu peito
Estou aproveitando a vida, estou finalmente vivendo.
Porque quando te encontrei, encontrei uma parte de mim que estava perdida.
Você continua olhando para o céu azul adornado por nuvens
"O que será que está pensando?"
Eu sorrio e você olha para meu rosto. 
Você se depara com minha cara vermelha te en(cara)ndo.
"Não olhe para mim agora. Que vergonha."
Como uma ladra pega no ato do roubo, eu sinto vontade de sair correndo.
Afinal, precisarei ir embora daqui a pouco mesmo
Tudo acabará dentro de algumas horas
Estou acostumada com despedidas, eu penso. É sempre assim. Mas, dessa vez, eu é que serei aquela que parte.
Preparo a mim mesma para dizer adeus.
Mas, seja por conta do estranho alinhamento dos planetas, de forças ocultas, de relações cármicas ou simplesmente porque somos eu e você
Você me surpreende e diz: "não vai embora, fique mais um pouco, fique para sempre na minha vida. Você foi a melhor coisa que me aconteceu".
Por um momento, meu coração para, minha mente não compreende o que você diz. Eu, tão acostumada aos "vou embora ou vá embora", de repente ouço um "fique".
Tão familiarizada com o "não", ouço o "sim". 
- Eu estou ferrada, é tarde demais. Eu amo você.
- Eu amo você - eis a sua réplica.
Paraliso. E então, em um dia quente de verão, seus olhos escuros olham para mim e desejo que estejam sempre me olhando. 

- Tiemi Yamasaki

2 comentários:

  1. Uiaaaa! Arrasou! E aquela figurinha lá em cima, hein?! Hummm... Seria bom que os dois ali ficassem juntos assim também como no seu texto! Droga Takaki, abra os olhos e enxergue a Kanae! Ò.ó

    XD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obriigada! Eu ando realmente empolgada hahaha Essa imagem foi proposital!! Você sacou o que eu quis dizer: Takaki podia dizer para a Kane "fique na minha vida". Tem toda uma relação envolvida! kkkk

      Excluir